Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/13392
Title: Auto-Percepções, Auto-Estima, Ansiedade Físico-Social e Imagem Corporal: Estudo Comparativo entre Instrutores de Fitness e Praticantes de Actividade Física
Authors: Santos, João Filipe Marques dos 
Orientador: Ferreira, José Pedro Leitão
Senra, Cristina
Keywords: Psicologia do desporto; Instructores de fitness; Auto-estima; Imagem corporal
Issue Date: 2006
Abstract: Objectivo do estudo: O presente estudo, inserido no âmbito do seminário “Estudo das Variáveis Psicológicas em Praticantes de Desporto e Actividade Física”, teve como principal objectivo caracterizar as auto-percepções, auto-estima, ansiedade físico-social e imagem corporal de instrutores de fitness e de praticantes de actividade física através da aplicação de diversos questionários aos mesmos. Metodologia: A amostra foi constituída por 849 indivíduos, dos quais 486 são instrutores e 363 alunos, com idades compreendidas entre os 18 e os 68 anos, sendo a média de idades e desvio padrão dos instrutores de 28,15 ± 5,98 anos e dos alunos de 29,87 ± 9,63 anos. Os instrumentos de medida utilizados foram: a Escala de Auto-Estima de Rosenberg – Rosenberg Self-Esteem Scale, 1965 – a adaptação efectuada por José Pedro Ferreira (2001), Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra, o Perfil de Auto-percepção Física – Physical Self-Perception Profile, PSPP de Fox e Corbin (1990) – traduzido e adaptado por António Fonseca (FCDEF-UC), Kenneth R. Fox e Maria João Almeida (School of Education da Universidade de Exeter – 1995) e validada por Fonseca e Fox (2002), Ferreira e Fox (2002a, 2003 e 2004); traduzido por António Manuel Fonseca – FCDEF-UP); a Escala de Ansiedade Físico-Social: EAFS – Social Physique Anxiety Scale, Hart et al (1989) – adaptado por Cristina Senra et al. (FCDEF-UC) e Questionário de Imagem Corporal – 20 item Body-Image Questionnaire, Huddy (1993), adaptado por Cristina Senra et al. (FCDEF-UC). No que diz respeito ao tratamento estatístico, utilizámos na estatística descritiva a média, desvio padrão, distribuição de frequências e respectiva percentagem e na estatística inferencial, recorremos à análise da variância através do teste T de Student. Conclusão: Os resultados obtidos após o tratamento estatístico permitiram-nos concluir que só relativamente à variável grupo etário não se encontrou diferenças estatisticamente significativas para a Auto-Estima Global. Em relação às outras variáveis, instrutor/aluno, estado civil e IMC, encontraram-se diferenças estatisticamente significativas para a Auto-Estima Global, as variáveis relativas às Auto-percepções no domínio físico (confiança física, atracção física e força física), as variáveis relativas à Ansiedade Físico-social e a Imagem Corporal.
Description: Dissertação de licenciatura apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/13392
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MONOGRAFIA João Filipe Santos.pdf5.81 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

237
checked on May 14, 2019

Download(s) 10

1,585
checked on May 14, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.