Title: Menarca, morfologia e aptidão física : estudo em jovens escolares femininos da Ilha Terceira
Authors: Machado, Sandra Mendes 
Keywords: Menarca -- aptidão física;Antropometria;População escolar -- Açores;População escolar -- sexo feminino;Aptidão física -- jovem -- Açores
Issue Date: 2009
Citation: Machado, Sandra Mendes - Menarca, morfologia e aptidão física : estudo em jovens escolares femininos da Ilha Terceira. Coimbra, 2009
Abstract: O desenvolvimento humano tem sido estudado como um processo que termina no início da idade adulta. Apesar de existirem sequências no desenvolvimento que são previsíveis, as crianças possuem padrões e ritmos individuais de crescimento diferentes. O presente estudo foi realizado com 458 jovens escolares femininos, com idades compreendidas entre os 8 e os 16 anos, pertencentes a escolas da Ilha Terceira, na Região Autónoma dos Açores. Apesar da amostra ser de 458 jovens, o estudo baseou-se apenas em 378 jovens, tendo sido excluídos os grupos etários dos 8 e 16 anos, pelo facto de estes serem, na sua totalidade, pré e pósmenarcais respectivamente. A idade biológica é um melhor indicador da maturação comparativamente à idade cronológica. Sendo a idade da menarca um dos factores que determina o nível de maturidade feminina, que pode influenciar o desempenho motor, o objectivo deste estudo é comparar os grupos pré e pós-menarcais no que respeita às características antropométricas e às provas de aptidão física. Esta amostra apresenta uma idade média da ocorrência da menarca de 13,42 anos. Em relação às variáveis antropométricas verificou-se que, na comparação dos dois grupos, os valores da soma das 6 pregas são relevantes no grupo etário dos 11 anos, facto que pode representar uma menarca precoce. Também no grupo etário dos 15 anos, quando comparados os dois grupos, existem valores relevantes na massa corporal, num período que precede a ocorrência da menarca. Relativamente às provas de aptidão física, salienta-se o grupo etário dos 10 anos, pois, ao compararmos ambos os grupos, são apresentados valores relevantes, no lançamento da bola medicinal de 2 kg e no lançamento da bola de softbol.
Human development has been studied as a process that ends in early adulthood. Although there are sequences in development that are predictable, the children have individual patterns and rhythms of different growth. This study was conducted with 458 young female students, aged between 8 and 16, belonging to different schools of Terceira Island, in Azores. Although the sample is of 458 people, the study was based on only 378 people, were excluded from the ages of 8 and 16 years, because these are, as a whole, pre-and post-menarche respectively. The biological age is a better indicator of maturity compared to chronological age. Since the age of menarche among the factors that determines the level of mature female, which can influence motor performance, the aim of this study is to compare the groups before and after menarche in relation to anthropometric characteristics and physical fitness tests. This sample has an average age of menarche of 13.42 years. For the anthropometric variables was found that, in comparing the two groups, the values of the sum of 6 folds are relevant in the age of 11 years, which may represent an early menarche. Also in the group aged 15 years, when comparing the two groups, there are significant amounts in body mass in a period prior to the onset of menarche. For evidence of physical fitness, it is noted the age group of 10 years because, when comparing both groups, figures are relevant in medicinal ball 2 kg and launching the ball softball.
Description: Dissertação de mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens (Treino Desportivo), apresentada à Fac. de Ciências do Desporto e Educação Física da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/13254
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resumo_tese mestrado_SMM.pdf38.08 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.