Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/13084
Title: Atitude das mulheres toxicodependentes face à utilização do preservativo
Authors: Gaspar, Ana Marta da Silva Martins 
Orientador: Relvas, João
Fabião, Joana
Keywords: Toxicodependência -- mulher; Preservativo; Comportamento sexual
Issue Date: 2009
Citation: Gaspar, Ana Marta da Silva Martins - Atitude das mulheres toxicodependentes face à utilização do preservativo. Coimbra, 2009
Abstract: No serviço de Obstetrícia, onde exerço funções de enfermeira de nível 1 deparo-me, com alguma frequência, com puérperas toxicodependentes, que apresentam comportamentos sexuais de risco, cuja gravidez não foi planeada, nem vigiada. Por este motivo, o risco de aparecimento de puérperas com Infecções Sexualmente Transmissíveis e recém-nascidos com Síndrome de Abstinência Neonatal encontra-se acrescido, o período de internamento prolongado, a reinserção social destas mães e dos respectivos filhos adiada. O objectivo desta dissertação de mestrado consiste em “avaliar a atitude das mulheres em idade fértil utentes das Equipas de Tratamento de Coimbra e Figueira da Foz, acerca da predisposição para a prática de sexo seguro”. O presente estudo, descritivo – correlacional, é desenvolvido com base nas respostas das mulheres toxicodependentes em idade fértil, utentes das Equipas de Tratamento de Coimbra e Figueira da Foz, procurando descrever a realidade concreta, determinando as suas expectativas futuras perante o aparecimento de Infecções Sexualmente Transmissíveis, ou de uma gravidez não planeada e o impacto destas na qualidade de vida, através da aplicação de um questionário de avaliação. O questionário foi aplicado a 66 mulheres toxicodependentes em idade fértil utentes das Equipas de Tratamento de Coimbra e Figueira da Foz, que voluntariamente constituíram a amostra. O instrumento de colheita de dados possui uma parte de caracterização sócio – demográfica seguida das escalas: Escala de Satisfação com o Suporte Social, Escala de Atitudes face ao uso do Preservativo, Escala do Embaraço ligado ao uso do Preservativo e Teste de Conhecimentos e Crenças dos Adolescentes sobre VIH. O tratamento estatístico dos dados foi realizado com recurso do programa estatístico SPSS, na versão 16. Atendendo aos resultados obtidos verificou-se que as mulheres inquiridas não se encontram satisfeitas com o suporte social existente. No que respeita à atitude face ao uso do preservativo, os resultados indicam que as inquiridas não apresentam predisposição favorável para a prática de sexo seguro. No entanto, demonstram ter conhecimentos sobre o VIH/sida, que numa escala de 0 a 20, corresponde a 15,87 valores. Por outro lado, referem não apresentar embaraço ligado ao uso do preservativo, o que indica que não são relutantes à utilização do mesmo. Com base nestes resultados, constata-se que as mulheres toxicodependentes que constituem a amostra apresentam comportamentos sexuais de risco que exigem a intervenção precoce da comunidade, especialmente dos profissionais de saúde. A consciência desta realidade é o ponto de partida para a resolução deste problema de saúde pública.
I am often in contact with drug addicted, pregnant women in the obstetrics service where I work as a level 1 nurse. Those women, whose pregnancy is neither planned nor controlled, have risky sexual behaviour. Because of this, the number of pregnant women with sexually transmitted infections and newborn babies with Neonatal Abstinence Syndrome has increased and so, the length of internment is longer. Besides, the placement of these mothers and their children in society is postponed. The aim of this summary is to “evaluate fertile women’s attitude, who are users of the Equipas de tratamento de Coimbra e Figueira da Foz, to what concerns the predisposition to the practice of safe sex.” This descriptive, co- relational study is based on an evaluation questionnaire that was given to the addicted pregnant women, who are users of the Equipas de Tratamento de Coimbra e Figueira da Foz, and it describes the true reality and determines their future expectations towards the appearance of sexually transmitted infections or a non-planned pregnancy and their impact in the quality of life. The questionnaire was given to 66 volunteers who are addicted pregnant women in fertile age and users of the Equipas de Tratamento de Coimbra e Figueira da Foz. The instrument of data collection has a social-demographic characterization that is followed by the scales: Scale of Satisfaction with social support; Scale of Attitudes towards the use of condom; Scale of Embarrassment linked with the use of condom; Test on teenagers’ knowledge and beliefs on AIDS. The data statistical treatment was performed in the statistical program SPSS, version 16. Based on the results of the questionnaire, it was noticed that the interviewed women are not satisfied with the social support they have. To what concerns the attitude towards the use of condom, the results show that the interviewed women don’t have favourable predisposition to the practice of safe sex in spite of having knowledge on AIDS, which corresponds to 15,87 values, in a 0 to 20 scale. On the other hand, they are not embarrassed with the use of condom, which indicates they are not reluctant to its use. Based on the results above, it was noticed that the addicted women that constitute the sample have risky sexual behaviour, which means they need a fast community intervention, namely from health professionals. The awareness of this reality is the starting point to the resolution of this public health problem.
Description: Dissertação de mestrado em Saúde Pública, apresentada à Fac. de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/13084
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese mestrado_AG.pdf1.36 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

375
checked on Sep 21, 2020

Download(s) 50

305
checked on Sep 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.