Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/10316/12406
Title: ECONOMIA DIGITAL E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO: UMA ABORDAGEM TERRITORIAL
Authors: Fernandes, Ricardo Jorge Lopes 
Fernandes, Rui Jorge Gama 
Keywords: Economia digital; Políticas de desenvolvimento; Territórios inteligentes
Issue Date: Jul-2007
Citation: FERNANDES, Ricardo e GAMA, Rui (2007) Economia Digital e Políticas de Desenvolvimento: uma abordagem territorial. In Actas do 13º Colóquio da Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional (APDR): “Recriar e Valorizar o Território”. APDR e Universidade dos Açores – Campus de Angra do Heroísmo, 5 a 8 de Julho de 2007.
Series/Report no.: Actas do 13º Colóquio da Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional (APDR): “Recriar e Valorizar o Território”
Abstract: No contexto da nova economia e das novas tecnologias de informação e comunicação, o espaço urbano renasce no quadro de um crescente colapso das barreiras espaciais, contribuindo para o aparecimento de um novo paradigma de desenvolvimento relacionado directamente com a valorização dos factores territoriais, essenciais para a competitividade entre territórios. É neste quadro que emerge o novo conceito de economia digital encarado como um dos elementos centrais dos territórios do conhecimento, como um componente da esfera “digital” destas cidades e regiões inteligentes. A economia digital personifica as mudanças actuais na sociedade e na economia, sendo o trabalho intelectual e o conhecimento elementos centrais e os novos serviços actividades emergentes. Os dados, a informação, o conhecimento e a sua posse ou a possibilidade de os criar e dominar, assumem-se como novos meios de obter vantagens competitivas no actual contexto de mutações rápidas, concorrência e de globalização. No caso português torna-se importante perceber de que forma a economia digital poderá contribuir para a construção de territórios do conhecimento. Neste sentido, no quadro das políticas económicas e de conhecimento direccionadas à inovação, às empresas e à sociedade e da temática digital, centra-se a análise no Sistema de Incentivos à Economia Digital (SIED) de forma a avaliar a sua tradução territorial. Em síntese, a partir dos elementos associados a este sistema de incentivos (projectos e investimentos realizados), numa lógica de inserção e apoio das empresas e dos actores do sistema de conhecimento na nova economia digital e do conhecimento, procura-se perceber o aproveitamento e as potencialidades de cada território. Deste modo, num mundo actual em que as mudanças são exponenciais e rápidas, a avaliação da tradução espacial destas políticas terão como objectivo “medir” os potenciais de conhecimento e correlacioná-los com o quotidiano das cidades e regiões.
URI: https://hdl.handle.net/10316/12406
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Geografia - Artigos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Fernandes&Gama_APDR_2007.pdf2.58 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

1,321
checked on May 28, 2024

Download(s) 20

1,555
checked on May 28, 2024

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.