Title: ECONOMIA DIGITAL E POLÍTICAS DE DESENVOLVIMENTO: UMA ABORDAGEM TERRITORIAL
Authors: Fernandes, Ricardo Jorge Lopes 
Fernandes, Rui Jorge Gama 
Keywords: Economia digital;Políticas de desenvolvimento;Territórios inteligentes
Issue Date: Jul-2007
Citation: FERNANDES, Ricardo e GAMA, Rui (2007) Economia Digital e Políticas de Desenvolvimento: uma abordagem territorial. In Actas do 13º Colóquio da Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional (APDR): “Recriar e Valorizar o Território”. APDR e Universidade dos Açores – Campus de Angra do Heroísmo, 5 a 8 de Julho de 2007.
Series/Report no.: Actas do 13º Colóquio da Associação Portuguesa de Desenvolvimento Regional (APDR): “Recriar e Valorizar o Território”
Abstract: No contexto da nova economia e das novas tecnologias de informação e comunicação, o espaço urbano renasce no quadro de um crescente colapso das barreiras espaciais, contribuindo para o aparecimento de um novo paradigma de desenvolvimento relacionado directamente com a valorização dos factores territoriais, essenciais para a competitividade entre territórios. É neste quadro que emerge o novo conceito de economia digital encarado como um dos elementos centrais dos territórios do conhecimento, como um componente da esfera “digital” destas cidades e regiões inteligentes. A economia digital personifica as mudanças actuais na sociedade e na economia, sendo o trabalho intelectual e o conhecimento elementos centrais e os novos serviços actividades emergentes. Os dados, a informação, o conhecimento e a sua posse ou a possibilidade de os criar e dominar, assumem-se como novos meios de obter vantagens competitivas no actual contexto de mutações rápidas, concorrência e de globalização. No caso português torna-se importante perceber de que forma a economia digital poderá contribuir para a construção de territórios do conhecimento. Neste sentido, no quadro das políticas económicas e de conhecimento direccionadas à inovação, às empresas e à sociedade e da temática digital, centra-se a análise no Sistema de Incentivos à Economia Digital (SIED) de forma a avaliar a sua tradução territorial. Em síntese, a partir dos elementos associados a este sistema de incentivos (projectos e investimentos realizados), numa lógica de inserção e apoio das empresas e dos actores do sistema de conhecimento na nova economia digital e do conhecimento, procura-se perceber o aproveitamento e as potencialidades de cada território. Deste modo, num mundo actual em que as mudanças são exponenciais e rápidas, a avaliação da tradução espacial destas políticas terão como objectivo “medir” os potenciais de conhecimento e correlacioná-los com o quotidiano das cidades e regiões.
URI: http://hdl.handle.net/10316/12406
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Geografia - Artigos em Livros de Actas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernandes&Gama_APDR_2007.pdf2.58 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.