Title: Competências mentais e ansiedade competitiva em atletas de boccia
Authors: Santos, Ana Rita Nércio Cruz dos 
Keywords: Prática desportiva;Ansiedade competitiva;Boccia -- atleta
Issue Date: 2009
Abstract: With the present research, we have tried to study the mental skills and the competitive anxiety of Boccia players. We have analyzied the influence of age, sex, time of experience, sports class, use of a ramp and competitive live, in relation to mental skills and state and trait anxiety. The sample was formed by 43 athletes (23 males and 20 females, and being 30 the average age (M=29.79; SD=6.95)), who participated in the several national competitional and world champions. In this study we have used the instruments at different moments. A series of questionnaires was applied out of the competition (Demographic data, SAS and ACSI-28) and the CSAI-2 was applied about one hour before the competitions. To treat the data we have used producers and statistic analyses through the computer programme “Statistical Package for Social Sciences” – SPSS for Windows, version 15.0. The results of the studies have shown that the goal setting and mental preparation and concentration are the mental skills with higher values and that coachability and freedom from worry are the mental skills with lower values. Comparatively to precompetitive trait anxiety, the results show athletes physiologic symptoms of anxiety according to the medium values of sub-scale somatic anxiety. While in the state anxiety, self confidence is the highest value. The study shows the existence of correlations between mental skills and state and trait anxiety; however, no correlations ware verified between the mental variables and age. We have verified the existence of differences, statistically significant, between trait anxiety, somatic anxiety and concentration disruption, and the sports class, being the athletes of BC3 class those who present higher levels of somatic anxiety and concentration disruption. In what concerns the use of the ramp, we have confirm the existence of differences statistically significant, between, the metal skills, freedom of worry and trait anxiety at the level of somatic anxiety. As to the competitive level, we have verified the existence of differences statistically significant, for the mental skills coping with adversity, concentration, confidence and achievement motivation, goal setting and mental preparation, peaking under pressure and personal coping resources, being paralympic athletes those who present higher levels of mental skills. In relation to the competitive levels, show are also significative differences for the sub-scales worry and competitive trait anxiety, trait anxiety, being the national athletes those who present higher levels of trait anxiety. We should emphasize that no differences, statistically significant, were found among the different mental variables and age, sex and time of experience of the athletes.
No presente estudo, pretendemos conhecer as competências mentais e a ansiedade competitiva dos jogadores de Boccia. Analisámos a influência da idade, do género, dos anos de experiência, da classe desportiva, da utilização de calha e do nível competitivo, relativamente às competências mentais e ao estado de ansiedade e traço. A amostra foi constituída por 43 atletas (23 do género masculino e 20 do género feminino) com uma média de 30 anos (M=29.79, Dp=6.95) que participaram nos diversos campeonatos nacionais e Taça do Mundo. Para a realização deste estudo, os instrumentos foram aplicados em diversos momentos. Um conjunto de questionários foi aplicado fora da competição (Dados Demográficos, SAS e ACSI-28) e o CSAI-2 foi aplicado cerca de uma hora antes das competições. Para realizar o tratamento de dados utilizámos procedimentos e análises estatísticas através do programa informático “Statistical Package for Social Sciences” – SPSS para o Windows, versão 15.0. Os resultados do estudo indicam que, a formulação de objectivos e preparação mental e a concentração, são as competências mentais com valores mais elevados e que, a treinabilidade e a ausência de preocupações, são as competências mentais com valores mais baixos. Relativamente ao traço de ansiedade pré-competitiva, os resultados demonstram que os atletas apresentam sintomas fisiológicos de ansiedade, resultantes dos valores médios da sub-escala ansiedade somática, enquanto no estado de ansiedade a autoconfiança é o valor mais elevado. O estudo demonstra a existência de correlações entre as competências mentais e o estado e traço de ansiedade, não existindo correlações entre as variáveis mentais e a idade. Verifica-se a existência de diferenças, estatisticamente significativas, entre a traço de ansiedade, ansiedade somática e a perturbação de concentração, e a classe desportiva, sendo os atletas da classe BC3 os que apresentam maiores níveis de ansiedade somática e perturbação de concentração. Relativamente ao uso de calha, verifica-se a existência de diferenças estatisticamente significativas para a competência mental ausência de preocupações e com o traço de ansiedade, ao nível da ansiedade somática. Quanto ao nível competitivo, constata-se a existência de diferenças, estatisticamente significativas, para as competências mentais confronto com a adversidade, concentração, confiança e motivação para a realização, formulação de objectivos e preparação mental, rendimento máximo sobre pressão e recursos pessoais de confronto, sendo os atletas de nível paralímpico os que apresentam maiores níveis de competências mentais. Em relação ao nível competitivo, também existem diferenças significativas para as sub-escalas preocupação e traço de ansiedade competitiva, do traço de ansiedade, sendo os atletas de nível nacional os que apresentam maiores níveis de traço de ansiedade. É de salientar que não foram encontradas diferenças, estatisticamente significativas, entre as diferentes variáveis mentais e a idade, género e anos de experiência dos atletas.
Description: Dissertação de mestrado em Exercício e Saúde em Populações Especiais, apresentada à Fac. de Ciências do Desporto e Educação Física da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/11967
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_AnaSantos.pdf771.93 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.