Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/11858
Title: Doença de Kikuchi-Fujimoto: Uma causa pouco frequente de adenopatias cervicais
Other Titles: Kikuchi-Fujimoto disease: a rare cause of cervical Adenopathies
Authors: Pina, Rui 
Fonseca, Isabel 
Saldanha, Maria Helena 
Keywords: Doença de Kikuchi-Fujimoto; Linfadenite necrosante histiocitária
Issue Date: Oct-2004
Publisher: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Citation: Medicina Interna. 11:4 (2004) 187-190
Abstract: A doença de Kikuchi-Fujimoto (DKF), também denominada por linfadenite necrosante histiocitária, foi descrita pela primeira vez em 1972 e é caracterizada por ser uma doença benigna e auto-limitada de etiologia desconhecida, que atinge preferencialmente mulheres na segunda ou terceira décadas de vida. As manifestações clínicas mais frequentes são adenopatias cervicais bilaterais associadas a febre, embora outros sintomas constitucionais possam estar presentes. O diagnóstico é histológico, sendo importante o diagnóstico diferencial com doenças infecciosas, auto-imunes e linfoproliferativas. O prognóstico é bom, muitas vezes sem necessidade de recurso à terapêutica. Quando necessário, o tratamento é feito com anti-inflamatórios não esteróides (AINE’s) e raramente com corticosteróides. Os autores apresentam um caso de uma doente com 26 anos que, após uma síndroma gripal, apresentou adenopatias cervicais bilaterais e astenia. A avaliação complementar desta situação, nomeadamente através da biopsia ganglionar e posterior estudo histológico, revelou a presença de uma linfadenite necrosante histiocitária, tendo sido excluídas outras doenças sistémicas como possíveis etiologias. A evolução do quadro clínico foi excelente, tendo a doente ficado assintomática, sem recurso a qualquer 16.08.2004terapêutica, três semanas após o aparecimento das adenopatias.
Kikuchi-Fujimoto disease, also nominated histiocytic necrotizing lymphadenitis, was described in 1972 and is characterised by a benign, self-limiting course and unknown aetiology affecting predominantly young women in their second or third decades of life. Clinical features include bilateral cervical lymphadenopathy in association with fever, even though other constitutional symptoms may be present. Diagnosis is based on histopathological findings, being important to consider differential diagnosis with infectious, autoimmune and lymphoproliferative lymphadenopathies. This disease has a good prognosis without therapy, nevertheless, if necessary, nonsteroid anti-inflamatory drugs (NSAID’s) or low dose corticosteroids are used. The authors present a case of a 26 years old woman with cervical bilateral lymphadenopathies and malaise. The histological result of an excised lymph node was histiocytic necrotizing lymphadenitis. Evolution was excellent and the patient was assymptomatic without any treatment.
URI: http://hdl.handle.net/10316/11858
ISSN: 0872-671X
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Doença de Kikuchi-Fujimoto.pdf201.99 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 1

3,007
checked on Oct 1, 2020

Download(s) 50

194
checked on Oct 1, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.