Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/11613
Title: Quem governa? Portugal e as novas teias da governação global
Authors: Pureza, José Manuel 
Issue Date: Oct-2002
Publisher: Centro de Estudos Sociais
Citation: Revista Crítica de Ciências Sociais. 63 (2002) 99-105
Abstract: O mapa da governação pós-vestefaliana está em turbulenta elaboração. A cultura institucional e regulatória moderna persiste, mas agora em combinação com processos de internacionalização da autoridade política, que desapropriam o Estado do seu monopólio nesta matéria. A “teia global” é a metáfora dessa multiplicidade de instâncias de governação global. A inserção de Portugal neste processo de transformação é ambivalente. Por um lado, dá continuidade à subalternização da sua posição mundial, o que se evidencia sobretudo no sentido de desnacionalização do Estado assumido em grande parte das reformas institucionais ocorridas recentemente no país. Mas, por outro lado, Portugal também aparece associado a sinais de novas fórmulas de governação internacional, marcadas por uma articulação militante entre Estado e não- -Estado para a defesa de uma agenda transformadora das relações internacionais
URI: http://hdl.handle.net/10316/11613
ISSN: 0254-1106
DOI: 10.4000/rccs.1269
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Artigos em Revistas Nacionais
I&D CES - Artigos em Revistas Nacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Portugal e as novas teias da governação global.pdf60.44 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

356
checked on Aug 11, 2022

Download(s) 50

286
checked on Aug 11, 2022

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.