Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/11602
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorAndrade, Pedro de-
dc.date.accessioned2009-10-01T13:02:09Z-
dc.date.available2009-10-01T13:02:09Z-
dc.date.issued1993-06-
dc.identifier.citationRevista Crítica de Ciências Sociais. 37 (1993) 51-77en_US
dc.identifier.issn0254-1106-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/11602-
dc.description.abstractNo presente artigo, o autor defende que o fenómeno da viagem não se esgota no turismo, embora esta seja a sua forma dominante nas sociedades modernas e especialmente, nas pós-modernas. Para demonstrar esta tese, o ensaio procura delimitar as formas mais significativas da viagem, inserindo-se o turismo no interior da viagem de lazer. Por outro lado, ao exercer a crítica de certos tipos de turismo, e igualmente de uma sua alternativa, o pós-turismo, pretende-se extrair os fenómenos mais recentes que os superam, aqueles que denominámos de turismo crítico, contra-turismo e inter-viagem. Em todos eles são visíveis fragmentos de outras formas de viagem, e manifestações, cada vez mais omnipresentes, de ritmos genuinamente quotidianosen_US
dc.language.isoporen_US
dc.publisherCentro de Estudos Sociaisen_US
dc.rightsopenAccessen_US
dc.titleSociologia da Viagem: O quotidiano e os seus inter-trajectosen_US
dc.typearticle-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
Appears in Collections:FEUC- Artigos em Revistas Nacionais
I&D CES - Artigos em Revistas Nacionais
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Sociologia da Viagem, o quotidiano e os seus inter-trajectos.pdf8.09 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

237
checked on Sep 17, 2021

Download(s) 20

689
checked on Sep 17, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.