Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/10567
Title: Auto Estima e Competência Física Percebida no Desporto Adaptado: Estudo Exploratório em Atletas com Deficiência Motora e com Deficiência Intelectual
Authors: Gravito, Nuno Miguel Gonçalves 
Orientador: Ferreira, José Pedro Leitão
Campos, Maria João
Keywords: Populações especiais; Psicologia do desporto; Auto-estima; Desporto adaptado
Issue Date: 2007
Abstract: Com a realização deste estudo pretende-se avaliar no domínio das autopercepções, a autoestima e competência física percebida, de indivíduos com deficiência que pratiquem desporto, bem como procurar explicar outras variáveis, tais como a idade, o género, a prática desportiva, a condição de deficiência; susceptíveis de mostrar diferenças significativas e preditora de alguma diversidade de opiniões. Esta investigação, de carácter exploratório, surge no âmbito da tentativa de melhorar e aprofundar a área em causa, pois através dos resultados poderão criar-se estratégias para a avaliação e intervenção no domínio cognitivo, mais especificamente nas autopercepções. O presente estudo realizou-se, tendo por base uma amostra de 50 indivíduos (N= 50), dos quais 17 eram do género feminino, e 33 do género masculino. As idades da amostra estão compreendidas entre os 12 e os 43 anos (M= 24,98; Sd= 7,141), sendo que em relação à deficiência apresentada, encontramos 37 indivíduos com deficiência intelectual e 13 com deficiência motora. A recolha dos dados foi efectuada na zona centro do país, em instituições dos distritos de Coimbra, Guarda e Castelo Branco Para esta investigação, foram necessários vários testes e escalas, de modo a conseguir definir o nível de auto percepção geral da população em causa. Para avaliar a Auto Estima foi usada a escala Rosenberg Self-Esteem Scale (1965), enquanto que a competência física percebida utilizou-se o instrumento Physical Self-Efficacy Scale: sub-escala Perceived Physical Ability. Os resultados mostraram-se satisfatórios, onde se destaca o género masculino e a condição de deficiência intelectual, como os que mais positivamente se percepcionam. Os níveis da Autoestima e da Competência Física percebida revelaram-se positivos, o que pode induzir o impacto que a actividade física representa nas variáveis dependentes em estudo, onde verificamos uma influência positiva.
Description: Disponível em suporte de papel na Biblioteca da FCDEF/UC
URI: http://hdl.handle.net/10316/10567
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Auto Estima e Competência Fisica Percebida no Desporto Adaptado.pdf554.16 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

254
checked on May 15, 2019

Download(s) 50

428
checked on May 15, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.