Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/1028
Title: Implicações pedagógicas de psicologia cognitiva: Estudo exploratório no ensino da História
Authors: Branco, Maria Alexandra de Freitas 
Keywords: Psicologia Pedagógica
Issue Date: 1994
Citation: BRANCO, Maria Alexandra de Freitas - Implicações pedagógicas de psicologia cognitiva: Estudo exploratório no ensino da História. Coimbra, 1994.
Abstract: As investigações de natureza teórica e experimental expostas nesta obra situam-se no contexto da análise das implicações pedagógicas das teorias cognitivas mais recentes, procurando sistematizá-las com o objectivo de contribuir para a construção de uma metodologia adequada à formação dos alunos da sociedade da informação. Essa metodologia a que convencionámos designar por metodologia cognitiva foi testada no ensino da História a alunos do 3o. Ciclo do Ensino Básico por comparação experimental com a metodologia mais correntemente utilizada designada por metodologia usual. Os dados quantitativos recolhidos durante a investigação-acção que decorreu em três anos lectivos consecutivos, seguindo várias turmas de alunos do 7o. ao 9o. de escolaridade, forneceu indicadores seguros de que a metodologia cognitiva desenvolve a inteligência geral de forma nitidamente significativa (relativamente à metodologia usual) e faz também progredir, um pouco mais do que a metodologia usual, o raciocínio de tipo numérico e abstracto. Os dados "subjectivos" recolhidos durante a investigação-acção revelaram, por exemplo, uma grande adesão dos professores e um entusiasmo significativo dos alunos pela identificação e resolução de problemas pela metacognição ou pela descoberta de relações significativas entre conceitos. O raciocínio verbal parece progredir um pouco mais nos alunos das turmas em que foi utilizada a metodologia usual, pelo que se deve ter a preocupação de fomentar mais o diálogo entre os alunos, por exemplo. O estudo das implicações pedagógicas das teorias psicológicas mais recentes revela-se promissor como forma de "descobrir" metodologias que permitam melhorar "qualitativamente" a educação, pelo que sugerimos deverem ser os aspectos psicopedagógicos melhor explorados em estudos futuros.
URI: http://hdl.handle.net/10316/1028
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s) 20

533
checked on Sep 22, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.