Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/100700
Title: AS INSTITUIÇÕES DA ECONOMIA SOCIAL DO CONCELHO DE ÁGUEDA Um estudo de caso
Other Titles: THE INSTITUTIONS OF THE SOCIAL ECONOMY OF THE MUNICIPALITY OF ÁGUEDA A case study
Authors: Fernandes, Beatriz Neves Saraiva
Orientador: Ferreira, Maria Manuela Frederico
Keywords: Economia Social; Instituições Particulares de Solidariedade Social; Necessidades sociais e Saúde; Social Economy; Private Social Solidarity Institutions; Social needs and healthcare
Issue Date: 13-Dec-2021
Serial title, monograph or event: AS INSTITUIÇÕES DA ECONOMIA SOCIAL DO CONCELHO DE ÁGUEDA Um estudo de caso
Place of publication or event: Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
Abstract: A Economia Social apresenta-se na atualidade como um setor em crescimento nas sociedades mais desenvolvidas, como é o caso da Europa, sendo este setor característico de uma grande diversidade de Instituições no mercado, mas que atravessa algumas dificuldades devido ao facto de não ser previsto na legislação. Assim, perante estes factos e por forma a enaltecer a Economia Social, surge a necessidade urgente de dar a conhecer as suas potencialidades e contributos, uma vez que assume extrema importância e garante o combate às adversidades e dificuldades atuais das populações.Por forma a caracterizar a realidade atual das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), apresentadas como instrumentos da Economia Social na prestação de cuidados de saúde e apoio sociofamiliar na comunidade, vistas como um meio de satisfação de necessidades básicas e bem-estar, educação, coesão social e parcerias, criação de emprego e inovação para a melhoria de qualidade de vida das populações, a presente investigação pretende então, realizar um estudo de caso no concelho de Águeda, tendo por base a aplicação de um questionário às 44 instituições sociais da região concelhia. Por fim, conseguiu-se reconhecer as potencialidades e características relevantes das IPSS perante a comunidade local, bem como, aumentar o conhecimento existente sobre as mesmas, onde se percebeu que as instituições existentes ainda não são suficientes para dar resposta à população, sendo na sua maioria Associações e Centros Sociais e Paroquiais. As IPSS do concelho apresentam como principais áreas de atuação a Terceira Idade e a Infância, contribuem para a saúde e bem-estar da comunidade, recorrendo essencialmente a financiamentos da Segurança Social. Porém, estas instituições não funcionam de forma isolada, criando protocolos com a Câmara Municipal entre outros parceiros locais. Conclui-se também que o voluntariado surge lado a lado com o emprego, promovendo a empregabilidade local e estabilidade laboral com extrema importância no funcionamento e dinâmica das IPSS concelhias.
Social Economy, a complex concept, is currently presented as a sector with a high growth dimension in the most developed societies, as is the case of Europe. However, this sector, characterized by a great diversity of Institutions in the market, is experiencing some difficulties since it is not contemplated in the legislation.Thus, in view of these facts and with the aim of boosting the Social Economy, it became urgent to understand its potential and contributions, since it assumes extreme importance and guarantees a proper force against current adversities and difficulties of the Portuguese population.The present study intends to characterize the current reality of Private Institutions of Social Solidarity (IPSS), presented as Social Economy instruments in providing healthcare and socio-family support in the community. It is understood as a means of satisfying basic needs and well-being, education, social cohesion and partnerships, job openings and innovation to improve the quality of life of populations.For this purpose, a case study was carried out in Águeda, having applied a questionnaire to 44 social institutions in Águeda municipality as a methodology.Finally, it was possible to recognize the potential and relevant characteristics of the IPSS in the local community, as well as to increase knowledge about them. It was realized that the existing institutions are not sufficient in responding to the needs of the population. The main areas of activity of Águeda IPSS are Senior Citizens and ChilDiário da Repúblican, contributing to local employability and job stability, essentially relying on Social Security funding. However, these institutions do not work in isolation, creating protocols with Parish Councils, among other local partners. It is also concluded that volunteering appears side by side with employment, assuming extreme importance in the functioning of municipal IPSS.
Description: Dissertação de Mestrado em Gestão e Economia da Saúde apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/100700
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
dissertação beatriz Fernandes MGES.pdf2.16 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons