Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/100301
Title: Caracterização das perceções parentais sobre o brincar: Um estudo exploratório de uma amostra comunitária.
Other Titles: Characterization of parental perceptions about play: An exploratory study of a communitary sample.
Authors: Marques, Guilherme Silva
Orientador: Sá, Joaquim Eduardo Nunes
Lima, Margarida Maria Batista Mendes Pedroso
Keywords: Brincar; Perceção Parental; Semana; Fim de Semana; Tempo Livre; Child’s Play; Parental Perception; Week; Weekend; Free Time
Issue Date: 28-Feb-2022
Serial title, monograph or event: Caracterização das perceções parentais sobre o brincar: Um estudo exploratório de uma amostra comunitária.
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: A maneira como as crianças brincam tem vindo a alterar-se ao longo dos tempos, desde as brincadeiras de rua, com brinquedos feitos à mão até, mais recentemente, os jogos eletrónicos em aparelhos como o computador ou consolas de videojogos. O tipo de brincadeira, o tempo que esta dura e quando é realizada são variáveis que determinam o impacto que o brincar tem no desenvolvimento da criança e, subsequentemente, na vida mental da mesma, tanto na infância como na adultez. O objetivo desta pesquisa é o levantamento de dados sobre o brincar e o estudo dos mesmos, de forma a estabelecer um perfil representativo de como se brinca atualmente. O enfâse principal da pesquisa será sobre as diferenças entre o brincar durante a semana e fim de semana. Outro dos parâmetros estudados será a perceção parental sobre a qualidade do brincar e a sua opinião relativamente ao mesmo. Para isso, foi desenvolvido um questionário de opinião destinado a pais com filhos entre os 0 e os 12 anos, com base num questionário de opinião já existente e destinado a pais com filhos cujas idades variem entre os 0 e 4 anos. A amostra foi de 203 pais e a metodologia utilizada foi de índole exploratório. Com base nos dados obtidos com a nossa amostra, podemos afirmar que as crianças brincam mais ao fim de semana e que têm um dia muito preenchido durante a semana. Conclui-se que esta disparidade entre os vários brincares é significativa e que existe um longo trabalho a fazer na promoção dos tempos livres e nos tempos de brincar das crianças.
The way children play has been changing and evolving throughout the years. From playing in the streets, to handmade toys and, most recently, electronic games on devices like computers and videogames consoles. The type of play, the time that it takes and where it takes place are all variables that determine the impact of play on children’s development and, subsequently, in their mental health in infancy as well as adulthood. The aim of this study is to gather data about child’s play with the objective of designing a representative profile of play nowadays. The focus of the study will be the differences between week and weekend play. One other goal of the study is to share light on parental perception about the quality of play of their children and its opinion about it. In that way, an opinion questionnaire was developed, and it’s destined to parents with children between the age of 0 to 12 years old. This questionnaire is based and derived from another one destined to parents with children with ages between 0 and 4 years old. The sample size was of 203 parents and the main methodology at use was of exploratory expression. We noticed strong evidence that children play more during the weekends and that they have an over fulfilled schedule during the week. We conclude that this disparity is of great significance and that there is a long job to be done regarding the promotion of free time and play time for children. .
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/100301
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese _Guilherme Silva Marques.pdf672.87 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons