Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/98443
Title: Perturbação do Desenvolvimento Intelectual - estado da arte
Other Titles: Intellectual Developmental Disorder - state of art
Authors: Martins, Maria Teresa Gouveia
Orientador: Duque, Frederico José de Oliveira
Oliveira, Guiomar Gonçalves
Keywords: Perturbação do Desenvolvimento Intelectual; Perturbações do Neurodesenvolvimento; Incapacidade intelectual; Comportamento adaptativo; Etiologia; Intellectual Developmental Disorder; Neurodevelopmental Disorders; Intellectual Disability; Adaptive Behavior; Etiology
Issue Date: 16-Jun-2021
Serial title, monograph or event: Perturbação do Desenvolvimento Intelectual - estado da arte
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: Intellectual disability or Intellectual Developmental Disorder is a pathology with a prevalence ranging from 1% to 3% and it must be diagnosed during the neurodevelopment period. It mainly affects the intellectual and adaptive functions. Furthermore, its diagnosis is based on 3 criteria, which must be fulfilled cumulatively: deficits in intellectual functions, deficits in adaptive behavior and the onset of deficits occurs during the neurodevelopment period. To perform this diagnosis, it is necessary to obtain the results of intellectual function, which includes cognitive, reasoning, planning and problem-solving skills, and the results of adaptive behavior, which includes the ease with which an individual achieves personal independence and social responsibility. To obtain these results, several scales must be used, namely the Wechsler intelligence scale, to assess cognitive function, and the Vineland scale to assess adaptive behavior. Thus, according to the results of adaptive behavior and functional level, the degree of severity of Intellectual Developmental Disorder is classified as mild, moderate, severe, and profound.Its initial clinical presentation ranges from language delays to learning deficits, behavior considered too childish for the child’s chronological age, as well as difficulties in self-care and autonomy. More severe cases will manifest earlier.Moreover, it is a pathology with several possible etiologies, which may have an environmental or genetic origin, the latter being more frequent. The causes for intellectual development disorder can also be divided as to the period in which they occur in prenatal (intrinsic or extrinsic), perinatal or postnatal. Thus, early diagnosis is essential so that patient monitoring can also be started as soon as possible. In addition, it is imperative that the management of these patients must be carried out in a comprehensive and multidisciplinary way. Consequently, this includes not only using pharmacological approaches, but also engaging in behavioral and cognitive therapy, providing special education or simply adequate educational needs, among many others.In the future, it will be important that methodologies are adopted and optimized to promote a better quality of life for individuals with intellectual developmental disorders, promoting their greater inclusion in society. The objective of this work was to carry out a current review of the literature on this topic.
A Perturbação do Desenvolvimento Intelectual ou incapacidade intelectual é uma patologia com uma prevalência que varia de 1% a 3%, e com diagnóstico durante o período do neurodesenvolvimento, atingindo, maioritariamente a função intelectual e a função adaptativa. O seu diagnóstico baseia-se em 3 critérios, que devem ser cumpridos cumulativamente: défices em funções intelectuais, défices no comportamento adaptativo e o início dos défices ocorrer durante o período do neurodesenvolvimento. Para a realização deste diagnóstico é necessário obter os resultados da função intelectual, que inclui a capacidade cognitiva, de raciocínio, planeamento e resolução de problemas, e os resultados do comportamento adaptativo, que compreende a facilidade com que um indivíduo alcança independência pessoal e responsabilidade social. De modo a obter estes resultados deve-se recorrer a diversas escalas, nomeadamente a escala de inteligência de Wechsler, para avaliação da função cognitiva, e a escala de Vineland para avaliação do comportamento adaptativo. Assim, de acordo com os resultados do comportamento adaptativo e nível funcional, o grau de gravidade da Perturbação do Desenvolvimento Intelectual classifica-se em ligeiro, moderado, grave e profundo.A sua apresentação clínica inicial cursa com atrasos na linguagem, défices a nível da aprendizagem, comportamento considerado demasiado infantil para a idade ou dificuldades em autocuidados e autonomia, sendo os casos mais graves os de manifestação mais precoce. É uma patologia com diversas etiologias possíveis, podendo estas ter origem ambiental ou genética, sendo esta última mais frequente. As etiologias da perturbação do desenvolvimento intelectual podem ainda dividir-se quanto ao período em que ocorrem em pré-natal (intrínseca ou extrínseca), perinatal ou pós-natal. Desta forma, o diagnóstico precoce é essencial para que o acompanhamento do doente seja também iniciado atempadamente. A gestão destes doentes deve ser realizada de forma abrangente e multidisciplinar. Assim, esta inclui não só o recurso a alguns fármacos, mas também a terapia cognitiva e comportamental, a adequação das necessidades educativas, entre muitas outras. Futuramente, será importante que se adotem e otimizem metodologias que permitam promover uma melhor qualidade de vida dos indivíduos com perturbação do desenvolvimento intelectual, promovendo uma maior inclusão destes na sociedade. O objetivo deste trabalho foi proceder a uma revisão atual da literatura nesta temática.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/98443
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese de Mestrado Teresa Martins.pdf682.77 kBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

80
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

13
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons