Title: Da criação e da morte : peregrinação pela obra de Paul Celan
Other Titles: Peregrination through Paul Celan’s work
Authors: Carreiras, Maria Antónia Trigueiros de Castro 
Keywords: Psicologia clínica;Celan, Paul, 1920-1970 -- vida e obra
Issue Date: 3-May-2006
Citation: Carreiras, Maria Antónia - Da criação e da morte : peregrinação pela obra de Paul Celan. Coimbra, 2005.
Abstract: Ao lermos Paul Celan mergulhamos no desabamento de um Mundo, na Perda e na Destruição, no Nada. Mas, apesar disso, ao longo da sua Obra, a procura do Encontro com o Outro é inquestionável. O Tu dominante nos seus poemas é um Tu morto, Tu esse face ao qual me parece ser possível descrever dois tipos de relação: - um Tu que, apesar de morto, esteve presente e vivo, com quem se desenvolveram laços e com o qual, portanto, é possível re-encenar Encontros, desde que seja o Eu a caminhar para ele; - um Tu inexoravelmente morto, que arrasta o Eu para a sideração do vazio absoluto, para um Nada psíquico onde se encontra perdido qualquer sentido. Desta forma, a sua escrita, ainda que portadora de alguma esperança e de alguma reparação, fecha-se no Encontro com um Outro morto, com quem Celan vive o Mesmo. Na sua poesia Celan comunica-nos o seu sofrimento, o sofrimento decorrente da impossibilidade de se separar do que se teve e se perdeu e que, uma vez que foi vivido como insuficiente, não permitiu uma representação interna sólida que tornasse viável a construção da separação psíquica. Assim, o Poeta fala-nos da dificuldade de se diferenciar de um objecto retirado/em agonia/morto com o qual ficou emaranhado e confundido. E fala-nos também do sofrimento atroz e sem nome do Nada, do Nada/Vazio Absoluto a partir do qual Nada é possível construir (enquanto representação interna securizante e esperançosa) e que acaba por se transformar num abismo voraz e destruidor. A Obra de Paul Celan será uma tentativa para dar forma (através da palavra, da criação de imagens, de ritmos, de sonoridades e de silêncios) a sentimentos de aflição extrema e de grande desamparo. No seu conjunto os seus poemas serão, assim, um esboço de constituição de uma pele psíquica destinada a conter/suportar essas vivências.
Description: Tese de doutoramento na área de Psicologia Clínica apresentada à Fac. de Psicologia e de Ciências da Educação de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/984
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.