Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/97307
Title: Controlo da estratigrafia e da inversão sobre os caminhos de migração dos hidrocarbonetos na bacia de Peniche, com base na detecção de oil seeps
Authors: Reis, Marta Sofia Neves
Orientador: Reis, Rui Paulo Bento Pena dos
Alves, Eduardo Ivo Cruzes do Paço Ribeiro
Keywords: Bacia de Peniche; hidrocarbonetos; inversão,; sísmica de reflexão; detecção remota; oil seeps; Peniche Basin; hydrocarbon; inversion; seismic reflection; remote sensing; oil seeps
Issue Date: Sep-2014
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Em Portugal, a história da prospecção de hidrocarbonetos, líquidos e gasosos, é já muito longa, envolvendo várias empresas mundiais especializadas, na procura deste recurso. Contudo, até hoje os resultados de prospecção obtidos não correspondem às expectativas criadas. Apesar do actual cenário, a possibilidade de encontrar reservas de hidrocarbonetos em Portugal mantem-se, tornando-se maior a par com o avanço de novas tecnologias. A presente dissertação teve como objectivo inicial a individualização e localização geográfica de estruturas na Bacia de Peniche que possibilitem a deslocação de hidrocarbonetos e a sua possível fuga. Com este trabalho pretendeu-se ainda reconhecer manchas anómalas no offshore Central e Norte de Portugal, que possam corresponder a derrames de hidrocarbonetos. Para a realização da presente dissertação recorreu-se à sísmica de reflexão e à observação de imagens de satélite. Para o estudo sismoestratigráfico foram observados vinte e seis perfis sísmicos da Bacia de Peniche e dois perfis da Bacia Lusitânica. Esta análise permitiu conhecer em profundidade não só as diferentes unidades sísmicas que constituem o enchimento sedimentar da Bacia mas também as estruturas tectónicas aí contidas. Desta forma foi possível individualizar as estruturas a partir das quais ocorreu ou poderá ocorrer o deslocamento de hidrocarbonetos até à superfície. O estudo de detecção remota consistiu na observação de um conjunto de trinta e três imagens, adquiridas pelos satélites ASTER e LANDSAT. Esta análise permitiu reconhecer três manchas anómalas localizadas no offshore português, que poderão corresponder a oil seeps, isto é, a derrames de hidrocarbonetos. Os resultados obtidos com este estudo permitiram não só individualizar estruturas a partir das quais pode ocorrer a deslocação de hidrocarbonetos, mas também qual o sistema petrolífero mais provável de verter os mesmos. A análise destes resultados permite ainda conhecer a região da Bacia de Peniche onde a deformação associada à inversão terá sido maior, produzindo assim mais estruturas que possibilitam a fuga de hidrocarbonetos. Por fim, a análise de imagens de satélite conduziu à individualização de três possíveis oil seeps, que evidenciam o derrame episódico e contemporâneo de hidrocarbonetos, no offshore de Portugal. Foi ainda possível correlacionar a existência dos oil seeps com a sismicidade local em datas próximas da aquisição das imagens em questão.
In Portugal, the history of hydrocarbons exploration, both oil and gas, is already very long, involving many companies worldwide, in the search for this resource. Nevertheless, until today the results obtained do not match the expectations created. However, the possibility of finding hydrocarbon reserves in Portugal remains, becoming stronger along with the progress of technology. The present work had as initial target the individualization and geographic location of structures that allow the movement of hydrocarbons and their possible escape, from Peniche Basin. With this work it was also proposed to recognize anomalous spots in the North and Central Portuguese offshore, which may correspond to oil seeps. For the realization of this dissertation it was used seismic reflection and observation of satellite images. For the seismostratigraphic study twenty-six seismic profiles of the Peniche Basin, and two profiles of the Lusitanic Basin were observed. This study allowed to know in depth not only the different seismic units of the basin filling, but also the tectonic structures therein. Therefore it was possible to identify the structures along which hydrocarbons moved or can move to the surface. The remote sensing study consisted in the observation of thirty-three images acquired by the ASTER and LANDSAT satellites. This analysis allowed to recognize three anomalous patches located in the Portuguese offshore, which may correspond to hydrocarbon seeps. These results allowed not only to individualize structures along which hydrocarbon could move, but also the petroleum system most likely to be involved. The analysis of these results made possible to know the region, in the Peniche Basin, where the deformation associated with inversion was more intense, creating more of these structures. Finally, the observation of satellite images led to the individualization of three possible oil seeps, which show episodic yet contemporary oil leakage, in the Portuguese offshore. Futhermore, it was possible to correlate the existence of these oil seeps with the local seismicity in dates nearby of images acquisition.
Description: Dissertação de Mestrado em Geociências, Recursos Geológicos, apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/97307
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Ciências da Terra - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese - Marta Reis.pdf3.96 MBAdobe PDFView/Open
FR - Tese - Marta Reis.pdf399.27 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

23
checked on Aug 5, 2022

Download(s)

5
checked on Aug 5, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.