Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/96510
Title: Influência da discriminação quotidiana e laboral no bem-estar e saúde subjetivos
Other Titles: Influence of pervasive discrimination and work discrimination on subjective well-being and health
Authors: Fontoura, Filipa Silva
Orientador: Valentim, Joaquim Manuel Pires
Keywords: Discriminação quotidiana; Discriminação no trabalho; Minorias sociais; Identidade social; Estratégias de coping; Pervasive discrimination; Work discrimination; Social minorities; Social identity; Coping strategies
Issue Date: 26-Feb-2021
Serial title, monograph or event: Influência da discriminação quotidiana e laboral no bem-estar e saúde subjetivos
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: O presente estudo teve como propósito maior o aprofundamento do conhecimento na área da discriminação e do bem-estar físico e psicológico. Mais precisamente, pretendeu apurar se a discriminação quotidiana e laboral têm influência no bem-estar e saúde subjetiva dos indivíduos. Com este propósito, foi utilizada uma amostra com 1055 participantes residentes em Portugal, e foram selecionadas três variáveis sobre discriminação quotidiana juntamente com uma variável sobre discriminação no trabalho. Posteriormente, estas variáveis foram relacionadas com indicadores de bem-estar e saúde subjetiva, a fim de perceber qual a relação existente entre os mesmos. Para este fim, utilizaram-se estatísticas descritivas, testes de diferenças não paramétricos, análises de correlação e medidas de associação. Os resultados revelaram que a discriminação quotidiana não produz efeitos no bem-estar físico e psicológico dos indivíduos e que, antagonicamente, a discriminação no trabalho está significativamente associada com os mesmos indicadores de bem-estar e saúde subjetiva. Deste modo, concluiu-se que os efeitos da discriminação quotidiana podem ser amenizados por estratégias de coping e características demográficas da população e que a discriminação laboral representa uma problemática no país merecedora de atenção acrescida por parte do universo organizacional na consagração da legislação existente sobre a discriminação no acesso ao trabalho e na implementação de medidas e estratégias organizacionais preventivas.
The purpose of the present study was to increase the knowledge on the field of discrimination, along with physical and psychological well-being. More precisely, it attempts to investigate if pervasive and occupational discrimination had influence to any degree, in the perception of well-being and physical health. For this purpose, a sample of 1055 subjects’ resident in Portugal was selected, and three variables about pervasive discrimination as well as one about work discrimination were chosen. Subsequently, these variables were related to indicators of well-being and subjective health in order to test the possible existance of a relationship between this factors. For this matter, descriptive statistics, non-parametric difference tests, correlation and association analyzes were used. Therefore, the results revealed that pervasive discrimination has no effect on individuals' physical and psychological well-being and that discrimination at work is associated with the same well-being and subjective health indicators. This leads to the conclusion that the effects of pervasive discrimination can be mitigated by coping strategies and demographic characteristics of the population, while discrimination at work presents itself as being a national problem that deserves additional attention and caution from the organizational universe, by fullfiling the existing legislation on discrimination in access to work and the implementation of preventive organizational measures and strategies.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/96510
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Filipa Fontoura_Dissertação de Mestrado.pdf709.85 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons