Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/95889
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLopes, João Teixeira-
dc.contributor.authorSequeiros, Paula-
dc.date.accessioned2021-10-11T20:30:41Z-
dc.date.available2021-10-11T20:30:41Z-
dc.date.issued2010-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/95889-
dc.description.abstractApresenta-se investigação, teoricamente orientada e empiricamente suportada, explorando e desenvolvendo possíveis relações entre usos da biblioteca pública, nas vertentes do uso de recursos documentais, do espaço e da Internet, por um lado, e, por outro, as suas representações. Recorrendo a uma abordagem qualitativa, aplicou-se o método de caso alargado, de Michael Burawoy, à Biblioteca Almeida Garret na cidade do Porto. As ferramentas de recolha de informação foram entrevistas semiestruturadas, em profundidade, análise de desenhos de crianças, observação, análise documental de textos oficiais e fotografia. Entrevistaram-se vários leitores e leitoras, incluindo não-utilizadores de Internet, .responsáveis, técnicos e pessoal de atendimento da biblioteca, assim como o arquiteto. Como resultados intermédios são apresentados vários perfis de utilizadores e é avançada uma explicação para a génese e funcionamento dum sistema tácito de regulação de condutas, sobretudo no que ao ruído diz respeito. Como resultado final conclui-se que não há nenhum «impacte» claramente disruptivo induzido pela Internet nas representações recolhidas e analisadas, colocadas em relação com as alterações recentemente registadas nas práticas leiturais: algumas imagens representacionais há em que a Internet reforça a imagem tradicional de biblioteca como organização enciclopédica, como conjunto de recursos diversificados; outras há em que, se o seu uso contribuirá, por um lado, para esse reforço, por outro, atualiza e democratiza essa representação pela abertura a práticas não eruditas e pela propiciação de usos recreativos, ou ainda de usos comunicacionais e instrumentais baseados na Internet; em situações mais extremas, quando biblioteca e Internet se usam como termos sinónimos da gramática representacional, sem essa tecnologia a biblioteca não faria naturalmente sentido; mas, no extremo oposto, o seu uso vulgarizado e intensivo não é pensado como compatível com uma imagem de instituição dedicada à cultura, entenda-se neste caso cultura cultivada, sendo termos quase antonímicos. As modificações na frequência e nos usos da biblioteca pública, estão antes associadas de forma clara ao surgimento de novos tipos de leitores e leitoras que refletem as alterações na composição social urbana e nos modos de viver na cidade. Conclui-se assim que a biblioteca sem Internet não seria tão pública, ou não existiria de todo no panorama de alguns, e que aquilo que é, e poderá continuar a ser, encontra reforço precisamente na provisão pública de acessos e serviços de Internet de forma aberta e gratuita, e, se necessário, com apoio à navegação.pt
dc.description.abstractA theoretically orientated and empirically supported research is presented, exploring and developing possible relations between uses of the public library, according to the dimensions of the usage of documentary resources, of space and of the Internet, on one hand, and its representations, on the other. Resorting to a qualitative approach, Michael Burawoy's extended case method was applied to the Library Almeida Garret in the city of Porto. The tools used to gather information were in-depth semi-structured interviews, analysis of children's drawings, observation, documentary analysis of official texts and photography. Several readers were interviewed, including non Internet-users, as well as managers, technical and front-office staff, and the architect. As intermediate results, several users' profiles are presented and an explanation is advanced for the genesis and functioning of a tacit system for the regulation of conducts, especially as far as noise is concerned. As a final result, I conclude that there is no clearly disruptive "impact" induced by the Internet from the collected and analysed representations, which are related to recently registered changes in the reading practices: for some representational images the Internet reinforces the traditional image of the library as an encyclopaedic organization, as a set of diversified resources; for others, Internet use will contribute, on one hand, to their reinforcement, while, on the other hand, it updates and democratizes these representations through an opening to non-learned practices and by the affordance of recreational, communication or, yet, instrumental uses based on the Internet; in more extreme situations, when library and Internet are used as synonyms in the representational grammar, without this technology a library would, naturally, not make sense; but, in the opposite extreme, its popular and intensive use is not thought as being compatible with the image of an institution devoted to culture, here understood as learned culture, the terms being almost antonymic. Changes in the frequency and usage of the public library, are else associated, in a clear manner, to the emergence of new types of readers reflecting changes in the urban social composition of the city and in the ways of urban living. So I conclude that the library without Internet would not be so public, or that it would not exist at all in some people's views, and that the library finds a reinforcement as to what is, and may keep on being, precisely in the public provision of Internet access and in open, free, and, when necessary, personally supported, Internet services.pt
dc.language.isoporpt
dc.relationSFRH/BD/36978/2007pt
dc.rightsopenAccesspt
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc/4.0/pt
dc.subjectbibliotecas públicaspt
dc.subjectPortopt
dc.subjectpráticas de leiturapt
dc.subjectperfis de leitorespt
dc.subjectrepresentaçõespt
dc.subjectpublic librariespt
dc.subjectreading practicespt
dc.subjectrepresentationspt
dc.subjectspacept
dc.subjectespaçopt
dc.subjectreader profilespt
dc.titleLer uma biblioteca nas inscrições de leitores, espaço e Internetpt
dc.typedoctoralThesispt
degois.publication.locationPortopt
dc.date.embargo2010-01-01*
dc.subject.fossociologia da culturapt
thesis.degree.grantor01100::Universidade do Portopt
thesis.degree.nameDoutoramento em Sociologiapt
uc.rechabilitacaoestrangeiranopt
uc.date.periodoEmbargo0pt
item.languageiso639-1pt-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
crisitem.author.researchunitCES – Centre for Social Studies-
crisitem.author.parentresearchunitUniversity of Coimbra-
crisitem.author.orcid0000-0003-2069-5631-
Appears in Collections:I&D CES - Teses de Doutoramento
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese para Imp.pdfPáginas9.9 MBAdobe PDFView/Open
capa2.pdfCapa e verso da capa275.44 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

31
checked on Nov 25, 2021

Download(s)

4
checked on Nov 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons