Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94831
Title: Participação num programa de apoio à parentalidade: Quem são os pais que recorrem ao programa Anos Incríveis?
Other Titles: Participation on a parenting support program: Who are the parents who use the Incredible Years program?
Authors: Tomás, Joana Rita da Silva
Orientador: Santos, Maria João Rama Seabra
Keywords: Problemas de comportamento; Idade pré-escolar; Programas de apoio à parentalidade; Anos Incríveis; Fatores de risco; Behavior problems; Preschool age; Parenting support programs; Incredible Years; Risk factors
Issue Date: 26-Jul-2019
Serial title, monograph or event: Participação num programa de apoio à parentalidade: Quem são os pais que recorrem ao programa Anos Incríveis?
Place of publication or event: Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
Abstract: Enquadramento: A idade pré-escolar traz consigo comportamentos desafiantes para os pais e cuidadores. Estes podem ser normativos ou constituir-se como problemas de comportamento. Existem fatores de risco que podem conduzir ao aparecimento ou manutenção destes comportamentos. Os programas de apoio à parentalidade, em particular o programa Anos Incríveis para Pais (AI-P), apoiam os pais nas suas competências parentais e no exercício de uma parentalidade positiva. Objetivos: Conhecer as caraterísticas dos pais que recorrem a programas de apoio à parentalidade, concretamente o programa AI-P, quando estes são oferecidos gratuitamente e a participação é voluntária. Pretende-se caraterizar os pais participantes do ponto de vista sociodemográfico, no seu sentido de competência parental e na sua perceção das características da criança (aptidões sociais e problemas de comportamento), e compreender a relação entre a caraterização anterior e a assiduidade, o dropout e os níveis de satisfação com o programa. Método: Foram analisados dados recolhidos através de dois estudos realizados anteriormente. A amostra é constituída por 314 pais ou cuidadores com crianças em idade pré-escolar (3-6 anos) que se propuseram participar gratuitamente e de forma voluntária no programa AI-P. Os dados analisados dizem respeito à avaliação realizada antes da intervenção, através de Questionário Sociodemográfico, Questionário de Forças e Dificuldades (SDQ), Escala de Sentido de Competência Parental (PSOC) e Escalas de Comportamento para Idade Pré-Escolar – 2ª Edição (ECIP-2); e após intervenção, através dum Questionário de Avaliação da Satisfação dos Pais com o programa. Resultados: Os resultados obtidos permitiram caraterizar os pais participantes no programa como sendo maioritariamente mães, com uma média de idades de 36 anos, com uma escolaridade elevada, em situação profissional ativa e com um nível socioeconómico médio. Os participantes tinham entre um e dois filhos e habitavam, na sua maioria, em áreas predominantemente urbanas. Avaliavam-se com níveis baixos de competência parental e pontuavam os seus filhos com níveis baixos de aptidões sociais e níveis elevados de problemas de comportamento externalizantes. O número de casos de dropout foi reduzido e a assiduidade dos pais aos grupos foi elevada, assim como os níveis de satisfação com o programa AI-P. Discussão/Conclusões: As famílias que mais procuram o programa AI-P não são aquelas cujas crianças apresentam mais fatores de risco de desenvolver problemas de comportamento. Estudos futuros poderão focar-se na análise das necessidades das famílias mais carenciadas, procurando atenuar as barreiras que impedem o seu envolvimento nos programas de apoio à parentalidade.
Background: The preschool age brings with it challenging behaviors for parents and caregivers. These behaviors can be normative or may establish as behavior problems. There are risk factors that can lead to the appearance or maintenance of these behaviors. Parental support programs, in particular the program Incredible Years for Parents (IY-P), support parents in their parenting skills and in the exercise of a positive parenting. Objectives: Know the characteristics of parents who use parenting support programs, specifically the IY-P program, when they are free of charge and the participation is voluntary. The aim is to characterize the participating parents from a sociodemographic point of view, in their parental sense of competence and in their perception of the child’s characteristics (social skills and behavior problems). Another aim is to understand the relationship between that characterization and attendance, dropout and the levels of satisfaction with the program. Method: Data collected from two previous studies were analyzed. The sample consists of 314 parents or caregivers with preschool aged children (3-6 years old) who have volunteered to participate in the IY-P program for free. The analyzed data refer to the evaluation before the intervention, through a sociodemographic questionnaire, the Strengths and Difficulties Questionnaire (SDQ), the Parenting Sense of Competence Scale (PSOC) and the Preschool and Kindergarten Behavior Scales – Second Edition (PKBS-2); and after the intervention, through a Parent Final Satisfaction Questionnaire. Results: The results showed that the participating parents in the program were mostly mothers, with an average age of 36 years, with a high level of education, professionally active and with medium socioeconomic status. The participants had between one and two children and predominantly lived in urban areas. They considered to have low levels of parental competence and scored their children with low levels of social skills and high levels of externalized behavior problems. The number of dropouts was low and the parents’ attendance to the groups and the level of satisfaction with the IY-P program were high. Discussion/Conclusions: The families who mostly look for the IY-P program are not the ones whose children are at more risk for developing behavior problems. Future studies may focus on the needs of families with fewer resources, with the aim of reducing the barriers that foreclose their involvement in parenting support programs.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
URI: http://hdl.handle.net/10316/94831
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Joana Rita da Silva Tomás.pdf790.92 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

7
checked on Jul 22, 2021

Download(s)

6
checked on Jul 22, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons