Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94655
Title: Satisfação Profissional e Engagement: Perceção dos enfermeiros
Other Titles: Job satisfaction and Engagement: Nurses Perception
Authors: Almeida, Dulce Maria Gomes de
Orientador: Ferreira, Maria Manuela Frederico
Keywords: engagement; satisfação profissional; enfermeiro; professional satisfaction; engagement; nurses
Issue Date: 14-Dec-2020
Serial title, monograph or event: Satisfação Profissional e Engagement: Perceção dos enfermeiros
Place of publication or event: Portugal
Abstract: O conhecimento da satisfação profissional dos enfermeiros pode contribuir para a implementação de políticas de melhoria nas organizações e consequentemente para a segurança e qualidade dos cuidados. A avaliação da satisfação profissional é fundamental para a melhoria da qualidade de vida dos enfermeiros e determinante na avaliação da qualidade das organizações. O engagement no trabalho tem benefícios a nível individual e organizacional, estando intimamente ligado ao desenvolvimento da organização, estimulando os resultados individuais e organizacionais. O estudo apresentado enquadra-se na metodologia de caráter quantitativo, descritivo-correlacional e transversal. A amostra é probabilística e o universo deste estudo incluiu todos os enfermeiros portugueses no exercício ativo da profissão e inscritos na Ordem dos Enfermeiros (OE). Tivemos como objetivos avaliar os níveis de engagement e de satisfação profissional dos enfermeiros e analisar como se relacionam em função das características sociodemográficas e profissionais. Para este efeito utilizou-se a Escala de Avaliação da Satisfação no Trabalho para Enfermeiros (EAST-Enf) e a WorkEngagementScale (UWES). Participaram 820 enfermeiros que responderam ao questionário on-line divulgado pela Ordem dos Enfermeiros (OE).Os resultados evidenciaram que os enfermeiros, de uma forma geral, têm baixa satisfação profissional ao contrário do engagement no trabalho, que ficou evidenciado de forma razoável. Verificámos que os enfermeiros mais velhos e com mais experiencia profissional, evidenciaram maior satisfação e engagenent. Os que exerciam a sua atividade em instituições hospitalares, que trabalhavam por turnos e que pertenciam à categoria de enfermeiro, foram os que apresentaram menor satisfação e engagement .O contexto de trabalho foi a dimensão que mais contribui para os valores mais elevados de satisfação e a dedicação foi a que mais contribuiu para os valores mais elevados de engagement, sendo a correlação entre estas dimensões a mais elevada. Embora exista uma correlação fraca entre as duas variáveis, os valores de correlação são em grande parte muito significativos, pelo que podemos concluir que os enfermeiros profissionalmente mais satisfeitos tendem a evidenciar maior engagement com o trabalho. Os diferentes resultados de satisfação profissional e engegement no trabalho, constatadas na relação com as diversas variáveis sociodemográficas e profissionais, pode estar relacionada com condições organizacionais, pelo que os gestores das organizações de saúde devem ter em conta politicas que contribuam para aumentar a satisfação profissional e o engagement dos enfermeiros.
Awareness of nursing staff professional satisfaction may contribute to the implementation of betterment policies in organizations and thus to the safety and quality of care. The evaluation of professional satisfaction is fundamental for the improvement of nursing staff’s quality of life as well as being a determinant factor in the evaluation of the quality of organizations. Professional engagement has benefits on an individual as well as organizational level, being closely tied with the organization’s own development, promoting individual and collective results.The presented study fits within a quantitative, descriptive-correlational and transversal methodology. The sample is random and the universe for this study includes all active Portuguese nurses, affiliated with the Portuguese Order of Nurses. Our purpose was to evaluate the level of engagement and professional satisfaction of nursing staff as well as their relationship with sociodemographic and professional traits. With this in mind we applied the Scale for Evaluation of Work Satisfaction for Nurses (EAST-Enf) (Ferreira e Loureiro, 2011) and the Work Engagement Scale (Schaufeli et Bakker, 2003), adapted for the Portuguese population by Marques-Pinto and Picado (2011). In this study took part 820 nurses who answered the online questionnaire divulged by the Portuguese Order of Nurses.The results have shown that nurses have, in general, low professional satisfaction in spite of reasonable engagement. Older, more experienced nurses have shown significantly higher satisfaction and engagement, while the ones working in hospital environments, working shifts or belonging to a less differentiated tier (nurse category) have shown the lowest results in these parameters.Context of work was the main contributing dimension for the higher values of satisfaction, whereas dedication contributed to the highest values of engagement, being the correlation between these dimensions the strongest.While there’s a weak correlation between both variables, the values of correlation are for the greater part very significant, for that we can conclude that more professionally satisfied nurses tend to show higher engagement.The diverging results in professional satisfaction and engagement, taking into account sociodemographic and professional variables, may be related with organizational conditions, as to why the management of health organizations should take into account policies that contribute to the increase of professional satisfaction and nursing staff engagement.
Description: Dissertação de Mestrado em Gestão e Economia da Saúde apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/94655
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação-Dulce 20-12.pdf2.44 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

105
checked on Aug 10, 2022

Download(s)

299
checked on Aug 10, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons