Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94467
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorLima, Luiza Isabel Gomes Freire Nobre-
dc.contributor.authorRodrigues, Carla Sofia Magalhães-
dc.date.accessioned2021-04-28T22:05:58Z-
dc.date.available2021-04-28T22:05:58Z-
dc.date.issued2020-07-24-
dc.date.submitted2021-04-28-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/94467-
dc.descriptionDissertação de Mestrado Integrado em Psicologia apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação-
dc.description.abstractO acolhimento residencial é uma medida de proteção para crianças e jovens de destaque em Portugal, sendo que as crianças e jovens acolhidos, na sua maioria, são expostos a ambientes e condições adversas numa idade precoce. Esta exposição pode ser desorganizadora e influenciar as suas vidas e a forma como se relacionam com os outros, o que se manifesta também nos seus comportamentos e atitudes sobre sexualidade. Neste sentido, procurou-se investigar sobre os conhecimentos, atitudes e crenças destes jovens sobre sexualidade e educação sexual e sobre a relação entre estas mesmas variáveis.Para concretizar este estudo utilizou-se uma amostra de 58 adolescentes residentes em 8 casas de acolhimento da região centro e sul de Portugal, com idades compreendidas entre os 13 e os 20 anos (M= 16.26; DP= 1.733), de ambos os sexos (50% raparigas), que responderam a um questionário sociodemográfico e sobre a sua experiência amorosa ao Questionário de Conhecimentos sobre Sexualidade e ao Questionário das Atitudes e Crenças sobre Sexualidade e Saúde Sexual.Os resultados indicaram dados sobre as experiências amorosas dos jovens, sobre os conhecimentos, sendo que os melhores conhecimentos destes jovens são relativos à sexualidade e prazer sexual, seguindo-se da contraceção e práticas sexuais seguras e os piores remetem para a prevenção da gravidez, assim como sobre as crenças e atitudes sobre sexualidade e saúde sexual. Nestas últimas, verificou-se as crenças que os adolescentes em acolhimento residencial mais endossam relacionam-se com a violência no namoro.Quando observadas as relações entre os dois questionários utilizados é possível observar a relação entre os vários fatores analisados, o que indica que, quanto mais conhecimentos os adolescentes tiverem, menos crenças tenderão a endossar.Em suma, seria importante ser promovido algum trabalho nas casas de acolhimento residencial que pudesse dar formação aos jovens não só sobre educação sexual no geral, mas também sobre prevenção da gravidez. Desta forma pretende-se promover a continuidade da obtenção de conhecimentos sobre o tema que permitirá evitar que os adolescentes endossem crenças desajustas.De forma a obter dados mais reais sobre os conhecimentos e atitudes sobre sexualidade seria através da realização de um estudo qualitativo.por
dc.description.abstractResidential care is a protection measure for outstanding children and young people in Portugal, with the majority of children and young people being sheltered exposed to adverse environments and conditions at an early age.This exposure can be disorganizing and influence their lives and the way they relate to others, which is also manifested in their behaviors and attitudes about sexuality. In this sense, we sought to investigate the knowledge, attitudes and beliefs of these young people about sexuality and sex education and the relationship between these same variables.To carry out this study, we used a sample of 58 adolescents living in 8 shelters in the center and south of Portugal, aged between 13 and 20 years old (M = 16.26; SD = 1,733), of both sexes (50% girls), who answered a sociodemographic questionnaire and their love experience to the Questionnaire on Knowledge about Sexuality and the Questionnaire on Attitudes and Beliefs about Sexuality and Sexual Health.The results indicated data on the young people's love experiences, knowledge, and the best knowledge of these young people is related to sexuality and sexual pleasure, followed by contraception and safe sexual practices and the worst refer to the prevention of pregnancy, as well as well as beliefs and attitudes about sexuality and sexual health. In the latter, it was found the beliefs that adolescents in residential care most endorse are related to dating violence.When observing the relationships between the two questionnaires used, it is possible to observe the relationship between the various factors analyzed, which indicates that the more knowledge the adolescents have, the less beliefs they will tend to endorse.In short, it would be important to promote some work in residential care homes that could train young people not only on sex education in general, but also on preventing pregnancy. In this way, it is intended to promote the continuity of obtaining knowledge on the subject, which will prevent adolescents from endorsing misfits.To obtain more real data about knowledge and attitudes about sexuality would be through a qualitative study.eng
dc.language.isopor-
dc.rightsopenAccess-
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by/4.0/-
dc.subjectAdolescentespor
dc.subjectAcolhimento residencialpor
dc.subjectSexualidadepor
dc.subjectConhecimentospor
dc.subjectAtitudespor
dc.subjectAdolescentseng
dc.subjectResidential careeng
dc.subjectSexualityeng
dc.subjectKnowledgeeng
dc.subjectAttitudeseng
dc.titleConhecimentos, atitudes e crenças sobre sexualidade dos adolescentes em acolhimento residencialpor
dc.title.alternativeKnowledge, attitudes and beliefs about sexuality of adolescents in residential careeng
dc.typemasterThesis-
degois.publication.locationFaculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra-
degois.publication.titleConhecimentos, atitudes e crenças sobre sexualidade dos adolescentes em acolhimento residencialpor
dc.peerreviewedyes-
dc.identifier.tid202704165-
thesis.degree.disciplinePsicologia-
thesis.degree.grantorUniversidade de Coimbra-
thesis.degree.level1-
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Psicologia-
uc.degree.grantorUnitFaculdade de Psicologia e de Ciências da Educação-
uc.degree.grantorID0500-
uc.contributor.authorRodrigues, Carla Sofia Magalhães::0000-0002-4504-0343-
uc.degree.classification17-
uc.degree.presidentejuriFerro, Maria Jorge Santos Almeida Rama-
uc.degree.elementojuriLima, Luiza Isabel Gomes Freire Nobre-
uc.degree.elementojuriPinheiro, Maria Rosário Carvalho Nunes Manteigas Moura-
uc.contributor.advisorLima, Luiza Isabel Gomes Freire Nobre-
item.fulltextCom Texto completo-
item.grantfulltextopen-
item.languageiso639-1pt-
crisitem.advisor.researchunitCenter for Research in Neuropsychology and Cognitive Behavioral Intervention-
crisitem.advisor.orcid0000-0002-2961-2778-
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese__Carla Sofia Magalhães Rodrigues.pdf691.55 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

76
checked on Sep 28, 2022

Download(s)

71
checked on Sep 28, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons