Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/94331
Title: Perceção do risco ocupacional em ajudantes de ação direta num Lar na Região Centro.
Other Titles: Perception of occupational risk concerning care providers in a nursing home located in the central region
Authors: Silva, Mónica Sofia Cândido da
Orientador: Ferreira, António Jorge Correia Gouveia
Keywords: Riscos ocupacionais; Perceção do risco; Ajudantes de Ação Direta; Occupational risks; Risk perception; Care Providers
Issue Date: 21-Oct-2020
Serial title, monograph or event: Perceção do risco ocupacional em ajudantes de ação direta num Lar na Região Centro.
Place of publication or event: Lar na Região Centro
Abstract: Os lares de idosos são espaços com características específicas, onde a garantia de condições de trabalho saudáveis é fundamental para o bem-estar dos trabalhadores e dos idosos.Os profissionais que exercem a sua função em lares estão cada vez mais expostos a diversos riscos ocupacionais. Por isso importa refletir acerca dos fundamentos teóricos e dos métodos relacionados com a avaliação dos riscos ocupacionais, bem como os meios utilizados na implementação de medidas efetivas que resultem numa estratégia preventiva ocupacional.Tendo em conta esta premissa, pretendeu-se realizar um estudo que contribua para o desenvolvimento da temática “perceção do risco ocupacional em ajudantes de ação direta num Lar, na Região Centro” relativamente a diversas dimensões do risco ocupacional. O objetivo geral deste estudo é avaliar a perceção dos riscos ocupacionais destes profissionais. Pretendeu-se ainda conhecer os fatores que poderão estar associados à sua perceção dos riscos ocupacionais.Para obtenção desses dados foi criado, como instrumento de investigação, um questionário com objetivo de fazer a caracterização sociodemográfica da população em estudo, a caracterização do contexto de trabalho, identificar e analisar os fatores de risco relacionados com a profissão, bem como recolher dados sobre a perceção dos riscos destes profissionais. Os dados foram tratados através do software estatístico IBM SPSS versão 25.0. A interpretação dos testes estatísticos foi realizada com base no nível de significância de p=0,05, com intervalo de confiança de 95%.A amostra é constituída por 39 participantes, a sua totalidade mulheres, maioritariamente casadas, tendo mais de 10 anos de experiência profissional e trabalhando 40 horas semanais. A maioria dos participantes tem entre os 7 e 9 anos de escolaridade. Neste trabalho, podemos concluir que os fatores sociodemográficos não influenciaram a perceção dos riscos ocupacionais a que os profissionais em estudo estão expostos durante a sua atividade laboral.As 39 participantes já frequentaram ações de formação sobre higiene, saúde e segurança no trabalho e apenas 12,8% dos intervenientes refere ter sofrido um acidente de trabalho.Após análise das respostas, comprova-se que os colaboradores reconhecem a existência de perigos no desempenho das suas funções. Afirmam saber quais os comportamentos adequados para determinadas situações de trabalho, reconhecendo que a formação em saúde e segurança no trabalho, é fundamental para se sentirem confiantes na sua atividade profissional.
Nursing homes are spaces with specific characteristics, where the assurance of healthy working conditions is essential for the well-being of workers and the elderly.Individuals who work in nursing homes are increasingly exposed to various occupational risks. That is why it is important to think about the theoretical foundations and methods related to the assessment of occupational risks, as well as the means used to implement effective measures that result in an occupational preventive strategy.Bearing this in mind, we intended to carry out a study hopefully contributing to the development of the topic "perception of occupational risk concerning care providers in a nursing home located in the central region" in relation to several dimensions of occupational risk. The general objective of this study is to assess the perception of these professionals’ occupational risks It was also intended to know the factors that may be associated with their perception of occupational risks.In order to obtain these data, a questionnaire was created as a research tool in order to make the sociodemographic characterization of the study population, the characterization of the work context, the identification and analysis of risk factors related to the profession, as well as the data collection on the risk perception of these professionals. Data were processed using the statistical software IBM SPSS version 25.0. Statistical tests were interpreted based on the significance level of p = 0.05, with a 95% confidence interval.The sample consists of 39 participants, all women, most of them married, with more than 10 years of professional experience and working 40 hours a week. Most participants have between 7 and 9 years of schooling. In this work, we can conclude that the sociodemographic factors did not influence the perception of occupational risks to which the individuals under study are exposed during their work activity.The 39 participants have already attended training courses on hygiene, health and safety at work and only 12.8% of them reported having suffered an accident at work.After analyzing the responses, it is proven that workers recognize the existence of dangers in the performance of their duties. They claim to know what behaviors are appropriate for certain work situations, recognizing that training in health and safety at work is essential to feel confident in their professional activity.
Description: Dissertação de Mestrado em Saúde Ocupacional apresentada à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/94331
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Dissertação Mónica Silva 2020.pdf1.81 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

105
checked on Aug 17, 2022

Download(s)

159
checked on Aug 17, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons