Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93809
Title: A importância de uma programação cultural diversificada para uma instituição museológica inclusiva. Museu Nacional Grão Vasco
Other Titles: The importance of a diversified cultural programming in a inclusive museological institution. Grão Vasco National Museum.
Authors: Cardoso, Paula Cristina de Almeida António
Orientador: Peixoto, Paulo Jorge Marques
Keywords: Museu; Programação diversificada; programação inclusiva; abrangência; Museu Nacional Grão Vasco; Museum; diversified programming; inclusive programming; coverage; Grão Vasco National Museum
Issue Date: 19-Feb-2020
Serial title, monograph or event: A importância de uma programação cultural diversificada para uma instituição museológica inclusiva. Museu Nacional Grão Vasco
Place of publication or event: Museu Nacional Grão Vasco
Abstract: Nas últimas décadas, os museus transformaram-se, ajustaram e reinventaram os seus princípios, políticas e práticas. Procuram ser espaços democratizadores, inclusivos e polifónicos, espaços de diálogo sobre o passado, o presente e o futuro. Reconhecendo e enfrentando os conflitos e os desafios do presente, salvaguardam diversas memórias para as gerações futuras e garantem direitos iguais e acesso igual ao património para todas as pessoas. Os museus são participativos e trabalham em parceria ativa com as diversas comunidades para colecionar, conservar, comunicar, investigar, expor e aprimorar a compreensão do mundo.Tendo-se consciência desta realidade, objetivou-se com este trabalho reforçar a importância de uma programação cultural diversificada/ inclusiva para se poder alcançar uma maior abrangência de públicos, concretizando-se esse desiderato com o exemplo do Museu Nacional Grão Vasco. Assim, mostra-se a relevância que a programação das comemorações do centenário da fundação de um Museu como o Grão Vasco teve na sua comunidade, com a proposta emergente da sua continuidade, no sentido de assegurar uma maior abrangência de públicos, permitindo concluir que os museus deixaram de ser meros espaços fechados, tornando-se espaços abertos que objetivam a partilha e a inclusão de todas as pessoas. Esta é uma estratégia que assenta numa programação diversificada, atraindo as comunidades, comunicando e exibindo a herança tangível e intangível da humanidade e do seu ambiente para fins educativos, académicos e de recriação. Os museus possuem o poder de criar um diálogo com um público heterogéneo e edificar pontes para um futuro sustentável.Fica também demonstrado que Portugal se constitui como uma referência marcante na museologia, fruto da ação dos seus museólogos e profissionais, uma realidade que plasma um permanente e responsável questionamento sobre como fazer melhor, com a finalidade de uma maior e mais acessível dinâmica de abertura à sociedade, com variadas funções e serviços na e para a comunidade.
The importance of a diversified cultural programming in a inclusive museological institution. Grão Vasco National Museum.In the last decades, museums have transformed, adjusted and reinvented their principles, policies and procedures. They try to be democratizing, inclusive and polyphonic, places of dialogue about the past, the present and the future. Recognizing and addressing the conflicts and challenges of the present, they safeguard diverse memories for future generations and guarantee equal rights and equal access to heritage for all. Museums are participatory and work in active partnership with the different communities to colect, preserve, communicate, research, exhibit and enhance understanding of the world.Being aware of this reality, this work aimed to reinforce the importance of a diversified/ inclusive cultural programming in order to reach a wider range of audiences, realizing this aim with the example of Grão Vasco National Museum. Thus, it shows the relevance that the programming of the commemorations of the foundation of a Museum such as Grão Vasco’s had in its community, with the emerging proposal of its continuity in order to ensure a wider range of audiences, allowing to conclude that museums are no longer just closed but open spaces that aim at sharing and including everyone. This is a strategy based on a diverse programming, atracting communities, communicating and displaying the tangible and intangible heritage of humanity and ith environment for educational, academic and recreational purposes. Museums have the power to dialogue with a diverse audience and build bridges for a sustainable future. It is also demonstrated that Portugal is a remarkable reference in museology, the result of its museologists and professionals, a reality that raises a permanent and responsible question about how to do better, with the purpose of a greater and more acessible dynamics of openness to society with varied functions and services in and for the community.
Description: Dissertação de Mestrado em Património Cultural e Museologia apresentada à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/93809
Rights: closedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
PaulaCardoso_versãofinal.pdf3.08 MBAdobe PDF    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

34
checked on Apr 9, 2021

Download(s)

1
checked on Apr 9, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons