Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/93360
Title: Ainda vai a rádio ao fim da rua e ao fim do mundo?
Other Titles: Is the radio still going at the end of the road and the end of the world?
Authors: Barbosa, Cátia Sofia da Silva Fonseca Vasconcelos
Orientador: Santos, Sílvio Manuel Rodrigues Correia dos
Keywords: Rádio; Crise; Jornalismo; Estágio; TSF; Radio; Crisis; Journalism; Internship; TSF
Issue Date: 16-Oct-2019
Serial title, monograph or event: Ainda vai a rádio ao fim da rua e ao fim do mundo?
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A crise no modelo de negócio dos media agravou-se com a conjuntura económica e financeira, em 2008. A quebra de receitas publicitárias, aliada à dificuldade de financiamento e ao modelo de gestão das empresas de comunicação social (nas mãos de grandes grupos económicos), veio acentuar a debilidade já vivida pelos media portugueses. Esta problemática traduziu-se em cortes orçamentais, redução de recursos humanos, vínculos precários e baixos salários.Neste estudo, pretende-se avaliar até que ponto estas condicionantes afetaram o trabalho e a qualidade das redações e dos seus conteúdos. Tendo estagiado na TSF Rádio Notícias durante três meses, assisti a esta realidade de perto e, por isso, o foco deste relatório incide sobre o efeito da crise nas estações de rádio. Este trabalho está, assim, dividido em duas partes, sendo a primeira sobre a realidade da rádio onde estagiei. Este estágio curricular teve como base pôr em prática os conhecimentos adquiridos na universidade naquele que será, no futuro, o meio profissional. Neste âmbito, foi uma oportunidade para observar o funcionamento de uma redação de rádio e perceber também os constrangimentos que lá se vivem. O número escasso de profissionais para responder às solicitações de agenda noticiosa foi uma das dificuldades mais evidentes que constatei e que deu origem ao tema em análise na segunda parte deste trabalho.Assim, esta segunda parte debruça-se sobre a realidade laboral que se vive nas redações da TSF, Antena 1 e Renascença. O objetivo desta reflexão passa, então, por avaliar o modo como cada um destes órgãos reagiu perante as adversidades provocadas pela crise económica, que medidas tomou e quais as consequências nas respetivas redações. Terá isso influenciado os seus conteúdos? A abordagem metodológica adotada passou por uma observação participante (quer no estágio, quer na visita às restantes redações); por entrevistas realizadas a profissionais das três estações e por apoio bibliográfico.No final deste relatório, aliando a experiência enquanto estagiária à análise feita nas diferentes redações, as conclusões retratam uma realidade onde, direta ou indiretamente, os constrangimentos influenciam os conteúdos e, por conseguinte, o produto final que chega ao ouvinte.
The crisis in the business model of the media gets worse by the economic and financial situation, in 2008. The fall in publicity, associated with the difficulty of financing and the management model of media companies (in the hands of economic groups), emphasized the weakness already experienced by the Portuguese media. This problem has resulted in budget cuts, reduction of human resources, precarious bonds and low salaries.In this study, the objective is evaluate how these conditions affected the work and the quality of the newsroom and their contents. Has an intern at TSF Rádio Notícias for three months, I watched this reality closely, so the focus of this report is on the effect of the crisis on radio stations. This work divided in two parts: the first, about the reality of the radio where I interned. This basis of this curricular internship is put in practice the knowledge acquired at the university in what will be the professional environment in the future. In this context, it was an opportunity to observe the operation of a radio newsroom and to understand the constraints that lives there. The low number of professionals to respond to news agenda requests was one of the most evident difficulties that I noticed and that origined the topic under analysis in the second part of this paper. Therefore, this second part deals with the labor reality that TSF, Antena 1 and Renascença lived. The purpose of this reflection is to evaluate how each of these media reacted to the adversities caused by the economic crisis, what measures they took and the consequences in the respective newsroom. Has this influenced their contents?The methodological approach adopted was a participant observation (both in the internship and in the visit to other newsrooms), interviews with professionals from the three stations and bibliographic support. At the end of this paper, through the union between experience as intern and the analysis done in the different radio stations, the conclusions reflect a reality where, directly or indirectly, the constraints influence their contents and, therefore, the final product that reaches the listener.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado em Jornalismo e Comunicação apresentado à Faculdade de Letras
URI: http://hdl.handle.net/10316/93360
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
CatiaBarbosa_versaofinal.pdf2.56 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

2
checked on Apr 9, 2021

Download(s)

3
checked on Apr 9, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons