Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92960
Title: Insuficiência Cardíaca e Distúrbios do Sono: Relação estabelecida através da aplicação dos questionários STOP-Bang, PSQI e Escala de Sonolência Epworth
Other Titles: Heart Failure and Sleep Disorders: Relationship established through the application of the STOP-Bang, PSQI and Epworth Sleepiness Scale Questionnaires
Authors: Sobreira, Diana Batista
Orientador: Cabral, Ana Cristina Gaspar
Pereira, Isabel Vitória Neves de Figueiredo Santos
Keywords: Distúrbios do Sono; Insuficiência Cardíaca; Questionário STOP-Bang; Escala de Sonolência Epworth; Pittsburgh Sleep Quality Index; Sleep Disorders; Heart Failure; STOP-Bang Questionnaire; Epworth Sleepiness Scale; Pittsburgh Sleep Quality Index
Issue Date: 25-Nov-2020
Serial title, monograph or event: Insuficiência Cardíaca e Distúrbios do Sono: Relação estabelecida através da aplicação dos questionários STOP-Bang, PSQI e Escala de Sonolência Epworth
Place of publication or event: Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
Abstract: Sleep disorders and heart failure are highly prevalent diseases that correlate through various mechanisms, being risk factors and comorbidities of one another and, when present together, they lead to a worse prognosis. Bearing in mind that cardiovascular diseases are the major cause of morbidity and mortality in the world and sleep disorders are frequent comorbidities in heart failure (HF) that aggravate morbidity and mortality, the determination of risk factors associated with HF such as sleep disorders, that are often underdiagnosed and untreated, is considered essential. This study aimed to assess the relationship between Sleep Disorders and Heart Failure using the Epworth Sleepiness Scale (ESS), Pittsburgh Sleep Quality Index (PSQI) and STOP-Bang questionnaires and their applicability in populations with HF. A literature review was conducted of studies where the questionnaires were applied to populations with HF in order to verify their applicability in this population and the existence of a relationship between the two diseases. The review was conducted in the PubMed database using the terms “Epworth Sleepiness Scale”, “STOP-Bang”, “PSQI” and “Heart Failure” (MeSH). Eligibility was assessed considering the defined eligibility criteria. The included publications and the most relevant topics - the effect of various treatments for HF and other comorbidities on sleep disorders and their symptoms; the impact of physical exercise on sleep disorders and HF; relationships between cognitive function / dysfunction and sleep disorders and other factors in HF; associations between sleep symptoms in HF, physical frailty and functional performance; determination of risk factors, determinants of daytime sleepiness and predictors of quality of life and health-related quality of life; comparison of subjective and objective daytime sleepiness results and their relationship with biomarkers; evaluation of the effectiveness of the questionnaires in this population and the relationship between their scores - were evaluated and discussed. The literature review strategy evaluated a total of 64 publications, 36 of which were included after eligibility assessment. Of those 36 publications, twenty-one used the ESS, four used the PSQI, one used the STOP-Bang and ten used the ESS and the PSQI together. The results obtained in this study allow us to conclude that through the application of these questionnaires it is possible to determine a relationship between HF and SD since, after treatment / intervention in HF, the scores of the questionnaires significantly improve and their application makes it possible to relate symptoms of the two diseases . ESS did not appear to be very effective in this population despite contradictory results, PSQI seemed to have good applicability in this population and there were insufficient results for STOP-Bang to formulate a conclusion about its applicability.
Os distúrbios do sono e a insuficiência cardíaca são patologias altamente prevalentes que se correlacionam através de vários mecanismos, sendo fatores de risco e comorbilidades uma da outra e que, quando presentes em conjunto, conduzem a um pior prognóstico. Tendo em conta que as doenças cardiovasculares são a maior causa de morbilidade e mortalidade no mundo e os distúrbios do sono são comorbilidades frequentes na IC que agravam a morbimortalidade, considera-se fundamental a determinação de fatores de risco associados à IC como os distúrbios do sono que são frequentemente subdiagnosticados e não tratados. Este estudo teve como objetivo a avaliação da relação entre os Distúrbios do Sono e a Insuficiência Cardíaca com recurso aos questionários Escala de Sonolência Epworth, Pittsburgh Sleep Quality Index e STOP-Bang e respetiva aplicabilidade em populações com IC. Foi realizada uma revisão da literatura onde tenham sido aplicados os questionários em populações com IC de forma a verificar a sua aplicabilidade nesta população e a existência de uma relação entre as duas patologias. A revisão da literatura foi feita na base de dados PubMed utilizando os termos “Epworth Sleepiness Scale”, “STOP-Bang”, “PSQI” e “Heart Failure” (MeSH). A elegibilidade foi avaliada segundo os critérios de elegibilidade definidos. As publicações incluídas e os tópicos mais relevantes - o efeito de vários tratamentos da IC e de outras comorbilidades nos distúrbios do sono e nos seus sintomas; o impacto do exercício físico nos distúrbios do sono e na IC; relações entre função/disfunção cognitiva e distúrbios do sono e outros fatores na IC; associações entre sintomas de sono na IC, fragilidade física e desempenho funcional; determinação fatores de risco, fatores determinantes de sonolência diurna e preditores de qualidade de vida e qualidade de vida relacionada com saúde; comparação de resultados de sonolência diurna subjetiva e objetiva e a sua relação com biomarcadores; avaliação da eficácia dos questionários nesta população e a relação entre as suas pontuações - foram avaliados e discutidos. A estratégia de revisão da literatura avaliou 64 publicações no total, 36 das quais foram incluídas após avaliação da elegibilidade. Dessas 36 publicações, vinte e uma utilizaram a ESE, quatro utilizaram o PSQI, uma utilizou o STOP-Bang e dez utilizaram a ESE e o PSQI em conjunto. Os resultados obtidos neste estudo permitem concluir que através da aplicação destes questionários se consegue determinar uma relação entre a IC e os DS já que após tratamento/intervenção na IC as pontuações dos questionários melhoram significativamente e a aplicação dos mesmos torna possível relacionar sintomas das duas patologias. A ESE não pareceu ser muito efetiva nesta população apesar de haver resultados contraditórios, o PSQI pareceu ter boa aplicabilidade nesta população e para o STOP-Bang não foram obtidos resultados suficientes para formular uma conclusão acerca da aplicabilidade do mesmo.
Description: Dissertação de Mestrado em Farmacologia Aplicada apresentada à Faculdade de Farmácia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92960
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
tese_MFA_DS.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

3
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

1
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons