Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92581
Title: Análise paleopatológica dos traumatismos em duas coleções provenientes das necrópoles do Convento de São Francisco de Santarém e da Rua dos Barcos da Ribeira de Santarém
Other Titles: Paleopathological analysis of traumatic lesions in two collections from the necropolises of the Convento de São Francisco de Santarém and Rua dos Barcos da Ribeira de Santarém
Authors: Faria, Augusto Filipe Almeida
Orientador: Silva, Ana Maria Gama da
Ferreira, Maria Teresa dos Santos
Keywords: Lesões Traumáticas; Santarém Medieval; Paleopatologia; Estrato Social; I.C.A.; Trauma; Medieval Santarém; Paleopathology; Social Strata; A.C.I.
Issue Date: 15-Jul-2020
Serial title, monograph or event: Análise paleopatológica dos traumatismos em duas coleções provenientes das necrópoles do Convento de São Francisco de Santarém e da Rua dos Barcos da Ribeira de Santarém
Place of publication or event: Departamento de Ciências da Vida
Abstract: The following study intended to find a correlation between trauma and social strata. For this, two skeletal samples from the medieval era (XII to XV centuries) were selected and analysed. The first one, Convento de S. Francisco de Santarém (CSFS) has a total of 144 individuals (34 male, 41 female e 69 de undetermined sex; 23 subadults, 11 young adults, 61 middle adults, 9 older adults e 40 undetermined adults), 101 of which were included in the sample for this study. This sample was collected from an archaeological dig in the central nave of the church of the Convento de S. Francisco de Santarém. The second one, Rua dos Barcos (RB), has a total of 147 individuals (62 male, 31 female and 54 of undetermined sex; 29 subadults, 40 young adults, 45 middle adults and 33 undetermined adults), 122 of which were included in the sample for the study. This sample was collected from the archaeological dig performed in the necropolis found in the parish of Ribeira de Santarém. This study tried to find, as stated above, a correlation between trauma and social strata. Firstly, the samples were studied to determine the Anatomical Conservation Index (A.C.I.) based on Garcia’s (2006) methodology. Each of the samples was then analysed by individual in order to identify evidence of trauma. After this initial analysis, each individuals’ patterns of skeletal trauma were studied using the standards set by Wedel and Galloway (2013). A total of 38 individuals with trauma were recorded, 14 from CSFS (13,86%) and 24 from RB (19,67%). The total number of lesions recorded was 73, 34 on CSFS and 39 on RB.
O presente estudo teve como objetivo analisar duas coleções provenientes de Santarém, com cronologias entre o séc. XII e os finais da época medieval, séc. XV. Estas coleções são, à partida, de diferentes estratos sociais. A primeira coleção, proveniente do Convento de S. Francisco de Santarém (CSFS), conta com um total de 144 indivíduos (34 indivíduos do sexo masculino, 41 do sexo feminino e 69 de sexo indeterminado; 23 não adultos, 11 adultos jovens, 61 adultos maduros, 9 adultos idosos e 40 adultos de idade não determinada), dos quais 101 fazem parte da amostra deste estudo. Esta coleção teve origem na escavação arqueológica realizada no Convento de S. Francisco e provém da nave central da sua igreja. Estes indivíduos serão, provavelmente, de um estrato social elevado. Já a segunda coleção, com origem na Rua dos Barcos (RB), conta com um total de 147 indivíduos (62 do sexo masculino, 31 do sexo feminino e 54 de sexo indeterminado; 29 não adultos, 40 adultos jovens, 45 adultos maduros e 33 adultos de idade não determinada), dos quais 122 fazem parte da amostra deste estudo. Esta coleção é proveniente da necrópole escavada na freguesia da Ribeira de Santarém, e estes indivíduos deverão ter sido de um estrato social baixo, ou, pelo menos, mais baixo que os de o CSFS.Este trabalho tentou encontrar diferenças na ocorrência de traumatismos nestas coleções. Em primeiro lugar, foi necessário avaliar o estado de conservação das mesmas; para tal efeito, foi utilizado o método de Garcia (2006) para o cálculo do Índice de Conservação Anatómico (I.C.A.). Feito isto, cada uma das coleções foi analisada, indivíduo a indivíduo, em busca de sinais de traumatismos. Após este levantamento dos indivíduos com lesões traumáticas, estas foram avaliadas segundo os padrões traumáticos estabelecidos por Wedel e Galloway (2013). Foram avaliados 38 indivíduos com presença de lesões traumáticas, 14 do CSFS (13,86%) e 24 da RB (19,67%). O número total de lesões encontradas é de 73, sendo 34 do CSFS e 39 da RB.
Description: Dissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92581
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese Corrigida Augusto Faria 2020.pdf6.99 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

10
checked on Feb 25, 2021

Download(s)

3
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons