Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/92160
Title: Testing the Activity Budget Hypothesis to explain sexual segregation in red deer
Other Titles: Testar a hipótese da sincronia de atividades para explicar a segregação sexual no veado
Authors: Relvas, Sofia Murteira
Orientador: Alves, Joana Alexandra Silva
Sousa, José Paulo Filipe Afonso de
Keywords: Cervus elaphus; segregação sexual; hipótese da sincronia de atividades; padrões de atividade; armadilhas fotográficas; Cervus elaphus; sexual segregation; activity budget hypothesis; activity patterns; camera traps
Issue Date: 16-Nov-2020
Serial title, monograph or event: Testing the Activity Budget Hypothesis to explain sexual segregation in red deer
Place of publication or event: Universidade de Coimbra
Abstract: Como um enigma complexo ainda por desvendar, a segregação sexual tem sido bastante estudada nos últimos anos, sobretudo em espécies de ungulados sexualmente dimórficas. Para uma melhor compreensão deste conceito, várias hipóteses foram propostas ao longo dos anos, em torno de duas componentes principais: segregação de habitat e segregação social. No entanto, nenhuma foi exclusivamente capaz de explicar este fenómeno, o que indica que múltiplos fatores se encontram na base da sua origem.Segundo a hipótese da sincronia de atividades, machos e fêmeas apresentam diferenças nos padrões de atividade devido a diferenças no dimorfismo no tamanho corporal, necessidades energéticas e eficiência digestiva. Este estudo tem, então, como objetivo avaliar os pressupostos que servem de base à hipótese da sincronia de atividades, de modo a explicar os padrões de segregação sexual. Através da análise de vídeos e fotos de armadilhas fotográficas, colocadas na Serra da Lousã, foi possível observar os diferentes padrões de atividade e segregação do veado. Os nossos resultados mostraram que machos e fêmeas apresentam uma segregação sexual acentuada ao longo do ano, exceto na época de acasalamento, altura em que machos e fêmeas mostram uma tendência para se agregarem em grupos mistos. Relativamente aos padrões de atividade, os resultados evidenciaram um padrão de atividade crepuscular e noturna por parte do veado. Em termos gerais, o maior grau de sincronização de atividades entre machos e fêmeas foi na época de acasalamento, o que é esperado face aos padrões de agregação e segregação sexual reportados. Deste modo, os nossos resultados apoiam a hipótese de sincronia de atividades, porém, outros estudos verificaram o oposto, e, por isso devemos ter em conta outros fatores para uma melhor interpretação da segregação sexual.
As a complex puzzle yet to be unveiled, sexual segregation has been extensively studied in recent years, especially in sexually dimorphic ungulate species. For a better understanding of this concept, several hypotheses have been proposed over the years, around two main components: habitat segregation and social segregation. However, none has been exclusively able to explain this phenomenon, which indicates that multiple factors are at the base of its origin. According to the activity budget hypothesis, males and females have differences in activity patterns due to differences in body size dimorphism, energy requirements and digestive efficiency. This study, then, aims to assess the assumptions that serve as the basis for the activity budget hypothesis, to explain the patterns of sexual segregation.Through the analysis of videos and photos from camera traps placed in the Lousã Mountain, it was possible to observe the different activity and segregation patterns of the red deer. Our results showed that males and females show marked sexual segregation throughout the year, except in the mating season, when males and females show a tendency to aggregate in mixed groups. Regarding activity patterns, the results showed a pattern of twilight and nocturnal activity by the red deer. In general terms, the highest degree of activity overlap between males and females was in the mating season, which is expected given the reported sexual aggregation and segregation patterns.In this way, our results support the activity budget hypothesis, however, other studies verified the opposite, and, therefore, we must take into account other factors for a better interpretation of sexual segregation.
Description: Dissertação de Mestrado em Ecologia apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/92160
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat Login
Tese final_Sofia Relvas.pdf1.7 MBAdobe PDFEmbargo Access    Request a copy
Show full item record

Page view(s)

9
checked on Jan 14, 2021

Download(s)

3
checked on Jan 14, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons