Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/876
Title: Da hemodiálise e do compromisso do sistema imunitário.
Authors: SÁ, Helena Manuel Pina de Oliveira 
Orientador: Marques, Adelino Augusto de Abreu Fernandes
Rosa, Manuel Amaro Matos Santos
Keywords: Medicina Interna; Nefrologia
Issue Date: 2003
Abstract: O objectivo deste estudo foi avaliar a repercussão do tratamento de hemodiálise - considerado quanto a diferentes parâmetros de fluxo e de biocompatibilidade das membranas de diálise - sobre o sistema imunitário dos doentes insuficientes renais crónicos (IRC). Estudámos, especificamente, os efeitos da hemodiálise nas características morfo-funcionais e na morte dos elementos principais da imunidade específica, os linfócitos. Na primeira parte do estudo, avaliámos as características da imunidade natural e específica de diferentes grupos de doentes IRC (n=94), encontrando-se a maioria em programa regular de hemodiálise. Na segunda parte, estudámos as modificações morfo-funcionais e a morte celular dos mononucleares do sangue periférico e dos lavados dos dialisadores após uma sessão de hemodiálise (n=58). Foram analisados os seguintes parâmetros: subpopulações linfocitárias, expressão do receptor membranar da IL2 (CD25), do receptor da transferrina e da molécula HLA-DR em linfócitos T; resposta proliferativa in vitro dos linfócitos T a mitogéneos; estudo da expressão de um marcador de pré-activação linfocitária, a dipeptildipeptidase (CD26); expressão linfocitária dos indutores de apoptose: receptor Fas e FasL; expressão linfocitária membranar de um marcador de apoptose (exposição dos resíduos de fosfatidilserina); concentrações plasmáticas das citocinas IL1a e b, IL2, IL8 e TNFa. A avaliação destes parâmetros foi efectuada com recurso às técnicas de contagem automática de células, citometria de fluxo, enzimoimunoanálise e espectrofotometria. Os sobrenadantes das culturas de mononucleares in vitro foram estudados relativamente à concentração das citocinas IL1b, TNFa e IL2 e da actividade enzimática da caspase 1 por enzimoimunoanálise. Os resultados do nosso trabalho permitiram-nos observar alterações da imunidade específica nos doentes IRC. Salientaram-se o estado de activação crónica e inespecífica dessas células (aumento da expressão de HLA-DR, da exopeptidase CD26 e da produção espontânea de citocinas in vitro), acompanhado de depressão de resposta linfoproliferativa in vitro a mitogéneos e da maior expressão de marcadores de morte celular apoptótica (aumento da marcação pela anexina e da expressão Fas/FasL; aumento da actividade enzimática da caspase 1 em culturas in vitro). Observámos melhoria dos parâmetros de apoptose dos linfócitos do sangue periférico após a diálise, com maior significado quando se utilizaram dialisadores de alto fluxo. Concluímos que a hemodiálise não mostrou capacidade para restaurar a competência imunitária do doente IRC terminal; pelo contrário, manteve e potencializou as características de activação inespecífica e crónica dos linfócitos. Relativamente à morte linfocitária apoptótica, que se encontra aumentada nos doentes IRC em hemodiálise, o tratamento de hemodiálise parece, por si só, contribuir para a melhoria dos índices de apoptose dos linfócitos do sangue periférico, sendo isso particularmente significativo durante os tratamentos de alto fluxo.
URI: http://hdl.handle.net/10316/876
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

245
checked on Oct 20, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.