Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/84309
Title: Co-infecção VHC/VIH : tratamento e monitorização
Authors: Vicente, Jorcélio Cláudio da Fonseca 
Orientador: Silvestre, António Meliço
Keywords: HIV; Virus da hepatite C; Infecções por HIV; Terapêutica
Issue Date: Mar-2012
Abstract: Sabendo que a infecção pelo vírus da hepatite C é de uma prevalência elevada em todo o mundo, e que as suas complicações ao longo do tempo como a hepatite aguda, a cirrose e o carcinoma hepatocelular, podem agravar o quadro clínico dos doentes com o vírus da imunodeficiência humana. E levando em consideração que a via de transmissão dos vírus da hepatite C, e do vírus da imunodeficiência humana são semelhantes, é de suma importância o diagnóstico precoce da co-infecção destes virus, de modo a evitar que o quadro hepático destes doentes evolua de maneira que a última opção passe pelo transplante hepático. Apesar de na actualidade o tratamento antiretroviral estar a ter uma eficácia cada vez maior, o tratamento de insuficiência hepática nos doentes infectados com o virus da imunodeficiência humana, tornou-se um assunto de grande importância, visto que, alguns retrovirais têm efeitos adversos para o parênquima hepático e têm interacção farmacológica com os farmacos usados na erradicação da infecção pelo VHC, agravando a evolução da hepatite crónica. Como actualmente o número de coinfectados com o vírus de imunodeficiência humana e com os virus da hepatite C, tem vindo a aumentar em todo o mundo, este trabalho tem como objectivo, abordar o tratamento e monitorização da co-infecção VHC/VIH.
Knowing that infection by hepatitis C virus is a highly prevalent throughout the world and its complications over time as acute hepatitis, cirrhosis and hepatocellular carcinoma, may worsen the clinical condition of patients with virus human immunodeficiency virus. And taking into account the route of transmission of hepatitis C virus and human immunodeficiency virus are similar, it is extremely important in the early diagnosis of virus co-infection, to prevent the frame of hepatic patients will develop so that the latter pass through the liver transplant. Although at present be antiretroviral therapy have an increased effectiveness, the treatment of liver failure in patients infected with human immunodeficiency virus has become a matter of great importance, as some retroviral have adverse effects on the hepatic parenchyma and have drug-drug interaction with drugs used in the eradication of HCV infection, worsening the evolution of chronic hepatitis. As the number of currently coinfected with human immunodeficiency virus and the hepatitis C virus, has been increasing worldwide, this paper aims to approach the treatment and monitoring of co-infection HCV / HIV.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Infecciologia, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/84309
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese correção.docx1.19 MBMicrosoft Word XMLView/Open
6_ano_MIM_-_Trabalho_Final_-_Capa1 (1).doc59 kBMicrosoft WordView/Open
Show full item record

Page view(s)

85
checked on Sep 24, 2020

Download(s)

26
checked on Sep 24, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.