Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82792
Title: ABORDAGEM DA DIABETES NO IDOSO: COMPLICAÇÕES E METAS TERAPÊUTICAS
Other Titles: APPROACH OF DIABETES IN THE ELDERLY: COMPLICATIONS AND THERAPEUTIC GOALS
Authors: Costa, Rui Guilherme Teixeira 
Orientador: Verissimo, Manuel Teixeira Marques
Keywords: diabetes; idosos; síndromes geriátricas; complicações; controlo glicémico; diabetes; elderly; geriatric syndromes; complications; glycemic control
Issue Date: 29-May-2018
Serial title, monograph or event: ABORDAGEM DA DIABETES NO IDOSO: COMPLICAÇÕES E METAS TERAPÊUTICAS
Place of publication or event: Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
Abstract: ABSTRACTIntroduction: Diabetes Mellitus is a major and growing worldwide public health problem, with repercussions on patient survival and high socio-economic costs. With the progressive aging of the world population, it is expected that the incidence of the disease will increase in the more advanced age groups, leading consequently to the appearance of complications and other co-morbidities such as sarcopenia, functional disability or frailty. These geriatric syndromes negatively impact the natural history of diabetes in the elderly and their prevention and treatment should not be neglected in the therapeutic approach of these patients.Materials and Methods: Pesquisa e revisão bibliográfica, com recurso a bases de referência (MEDLINE, PUBMED, SCIELO, NCBI e WEB OF SCIENCE), de artigos originais, de opinião, de revisão e/ou metanálises publicados entre Janeiro de 2012 e Fevereiro de 2018.Discussion: The insulin resistance and dysfunction of pancreatic beta cells have a multifactorial etiopathogenesis, where genetics and the environment influence the course of the disease. Although aging per se has a direct minimal effect on insulin action, the elderly have a tendency to develop insulin resistance because of decreased physical activity, obesity, and a decrease in lean mass associated with advanced age. Consequently, "old old" individuals have considerably greater risk of multiple complications than "young old" individuals. With the evolution of the disease, it is necessary to know how to identify not only the typical classic complications of diabetes, but also the geriatric syndromes, in order to intervene in a personalized way, since the phenotype of this disease and its complications can be highly variable in the elderly. Initial treatment of diabetes in the elderly is similar to the treatment in young people, including lifestyle interventions to optimize metabolic control. However, with aging, there is an inevitable decline in the function of beta cells, eventually requiring pharmacological treatment in most cases. In these patients, glycemic control goals may be less restrictive to avoid episodes of hypoglycemia, which negatively impact mortality.Conclusion: The present study reflects the need for a holistic and individualized therapeutic approach, not neglecting the pathological role of comorbidities and classic or geriatric complications. It is also highlighted the need for measures to preserve the functional and cognitive capacity of these patients, both by optimizing metabolic control and by measures to preserve the quality of life.
Introdução: A Diabetes Mellitus é um problema de saúde pública major e crescente a nível mundial, com repercussões na sobrevida dos doentes e com elevados custos sócios económicos. Com o envelhecimento progressivo da população mundial é espectável que a incidência da doença venha a aumentar nas faixas etárias mais avançadas, conduzindo consequentemente ao aparecimento de complicações e de outras comorbilidades como sarcopenia, incapacidade funcional ou fragilidade. Estas síndromes geriátricas impactam de forma negativa a história natural da diabetes em idosos e a sua prevenção e tratamento não devem ser descuradas na abordagem destes doentes.Materiais e métodos: Pesquisa e revisão bibliográfica, com recurso a bases de referência (MEDLINE, PUBMED, SCIELO, NCBI e WEB OF SCIENCE), de artigos originais, de opinião, de revisão e/ou metanálises publicados entre Janeiro de 2012 e Fevereiro de 2018. Discussão: A insulinorresistência e a disfunção das células beta pancreáticas têm uma etiopatogénese multifactorial, onde a genética e o ambiente influenciam o curso da doença. Apesar do envelhecimento per se ter um efeito mínimo direto na ação da insulina, os idosos têm tendência a desenvolver insulinorresistência pela diminuição da atividade física, obesidade e diminuição da massa magra associadas à idade avançada. Consequentemente, os indivíduos “old old” têm consideravelmente maior risco de múltiplas complicações do que os indivíduos “young old”. Com a evolução da doença, é preciso saber identificar não só as típicas complicações clássicas da diabetes, mas também as síndromes geriátricas, de forma a intervir de forma personalizada, uma vez que o fenótipo desta doença e das suas complicações pode ser altamente variável no idoso. O tratamento inicial da diabetes em idosos é semelhante ao tratamento em jovens, incluindo as intervenções no estilo de vida para optimização do controlo metabólico. Ainda assim, com o envelhecimento, ocorre um inevitável declínio da função das células beta, acabando por ser necessário recorrer ao tratamento farmacológico na maioria dos casos. Nestes doentes, as metas de controlo glicémico poderão ser menos restritivas para evitar episódios de hipoglicémia, que impactam de forma negativa a mortalidade.Conclusão: O presente estudo reflete a necessidade de uma abordagem terapêutica holística e individualizada, não descurando o papel patológico das comorbilidades e das complicações clássicas ou geriátricas. Salienta-se ainda a necessidade de medidas de preservação da capacidade funcional e cognitiva destes doentes, quer pela optimização do controlo metabólico quer pelas medidas de preservação da qualidade de vida.
Description: Trabalho Final do Mestrado Integrado em Medicina apresentado à Faculdade de Medicina
URI: http://hdl.handle.net/10316/82792
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE FINAL MIM - GUILHERME COSTA.pdf731.3 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 50

553
checked on Jun 10, 2021

Download(s) 10

1,682
checked on Jun 10, 2021

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons