Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/82709
Title: O Efeito da Gestão das Alianças Estratégicas na Performance das Empresas
Other Titles: The Effect of Strategic Alliances Management on Corporate Performance
Authors: Raimundo, Joana Santos 
Orientador: Coelho, Arnaldo Fernandes Matos
Keywords: Gestão das Alianças Estratégicas; Empresas; Partilha de Conhecimento; Capacidades Dinâmicas; Strategic Alliances Management; Business; Knowledge Sharing; Dynamic Capabilities
Issue Date: 29-Sep-2017
Serial title, monograph or event: O Efeito da Gestão das Alianças Estratégicas na Performance das Empresas
Place of publication or event: Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra
Abstract: A gestão das alianças estratégicas tornou-se crucial para as empresas, estas permitem identificar e criar novas parcerias, desenvolvendo negócios de sucesso. Alianças bem-sucedidas geram benefícios não económicos tais como partilha conhecimento, acesso aos recursos tecnológicos e inovações que permitem desenvolver novos produtos. Estás também podem gerar benefícios económicos, tais como rendimentos e aumento das exportações. Neste contexto, o objetivo desta investigação é compreender os efeitos das alianças na performance das empresas e para esse efeito, introduziu-se o impacto na parte internacional das empresas considerando o efeito nas exportações ao mesmo tempo que introduz o efeito nos novos produtos. Para esta investigação estabeleceu-se como variável principal a gestão das alianças estratégicas, que influencia o desempenho dos novos produtos, o desempenho das exportações e a performance. E como mediadores dos antecedentes e consequentes as capacidades dinâmicas, as capacidades tecnológicas, inovação e partilha de conhecimento. Os resultados desta investigação baseados em 201 respostas, fornecem, inúmeras relações evidenciando-se que a gestão das alianças estratégicas influencia as capacidades dinâmicas e a inovação, sendo que as capacidades dinâmicas e a partilha do conhecimento influenciam positivamente o desenvolvimento dos novos produtos, tal como a partilha do conhecimento e o desempenho das exportações influenciam a performance. Nesta investigação verificou-se que a gestão das alianças estratégicas influencia positivamente as capacidades dinâmicas e a inovação. Por sua vez o mediador partilha do conhecimento influencia positivamente os consequentes: desempenho dos novos produto, performance e o desempenho das exportações.As conclusões deste estudo fornecem estratégias válidas que podem ser utilizadas por gestores de empresas, para tirarem um melhor partido das suas alianças e poderem perceber a cadeia de efeitos que se gera até â performance global das organizações. É ainda um trabalho que explora o papel das alianças estratégicas, considerando os seus efeitos na performance, mediados por um conjunto de variáveis que ajudam a explicar como os efeitos se transmitem e contribuem para estimular o sucesso das exportações, dos novos produtos e da performance global das empresas.
Managing strategic alliances became a fundamental for companies, enabling them to identify and create new partnerships, developing successful businesses. Successful alliances generate non-economic benefits such as sharing knowledge, acesso to technological resources and innovation that enable the companies to create new products. These can also generate economic benefits, such as incomes and increased exports. In this context the objective of this research is to understand the effects of alliances on the companies performance and to that end, the impact on the companies internationalization on the creation of new products. For this research the main variable established was the management of strategic alliances, which influences the efficiency of new products, export and performance. And as mediators of antecedentes and consequente dynamic capabilities, technological capabilities, innovation and knowledge sharing. The results of this research, with a total of 201 responses, provide numerous relations showing that the management of strategic alliances influences dynamic capacities and innovation, dynamic capacities and knowledge sharing positively influence the development of new products, or as knowledge sharing and export performance influence performance. In this investigation it was verified that the management of the strategic alliances positively influences the dynamic capabilities and the innovation. On the other hand, the knowledge sharing mediator positively influences the consequent ones: efficiency of the new product, exports efficiency and company performance.The conclusions of this study provide valid strategies that can be used by company managers, to make the best use of their alliances and also to perceive the chain of effects that is generated until finishing with the global performance of the company. It is also a work that explores the role of strategic alliances, considering their effects on performance, mediated by a set of variables that help explain how the effects are transmitted and contribute to stimulate the success of exports, new products and overall performance of the company.
Description: Dissertação de Mestrado em Marketing apresentada à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/82709
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Final .pdf2.24 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

399
checked on Jul 7, 2020

Download(s) 50

393
checked on Jul 7, 2020

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons