Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/81522
Title: O Palácio de Manique do Intendente - Proposta de Requalificação
Other Titles: The Manique Palace of the Intendant - Proposal for Requalification
Authors: Pereira, Gonçalo Magalhães Barbosa 
Orientador: Lousa, António Manuel Portovedo
Lobo, Rui Pedro Mexia
Keywords: Alcoentrinho / Manique do Intendente; D. Maria I; Diogo Inácio de Pina Manique; Ruína; Palácio de Manique do Intendente; Alcoentrinho / Manique of the Intendant; D. Maria I; Diogo Inácio de Pina Manique; Ruin; The Manique Palace of the Intendant
Issue Date: 6-Sep-2017
Serial title, monograph or event: O Palácio de Manique do Intendente - Proposta de Requalificação
Place of publication or event: Departamento de Arquitectura - FCTUC
Abstract: Apesar de já terem decorrido mais de duzentos anos após a doação de Alcoentrinho, actual Manique do Intendente, por parte da Rainha regente D. Maria I a Diogo Inácio de Pina Manique, pelos bons serviços prestados ao reino, ainda hoje é possivel ver na vila parte da ideia iluminista, pensada pelo próprio, para a sua residência e colonização agrícola. Devido à inesperada morte do encomendador em 1805, e consequentes invasões francesas que afetaram todas as construções em curso na época em Portugal, foi deixado a meio a obra do palácio, o edifício mais importante da vila. Ao longo dos anos, o edifício foi sofrendo sucessivas alterações, desde obras de melhoramento, construção de coberturas e até mesmo a instalação de um Centro de Dia para a Terceira Idade que nunca foi terminado. Todas estas intervenções, sem qualquer critério, contribuíram significativamente para o agravamento e a degradação do palácio tornando-o na ruína que permanece até aos dias de hoje. Neste âmbito, o presente trabalho tem como objectivo a apresentação de uma proposta de requalificação para o Palácio de Manique do Intendente e sua envolvente. Esta proposta pretende, assim, ser um contributo para o melhoramento e valorização tanto do edifício em si como da vila que até agora vivem um pouco no esquecimento.
Although more than two hundred years have passed after the donation of Alcoentrinho, royal Manique of the Intendant, by Queen Regent D. Maria I to Diogo Inácio de Pina Manique, for the good services rendered to the kingdom, it is still possible to see in the village Part of the Enlightenment idea, thought by Manique himself, for its residence and agricultural colonization. Due to the unexpected death of the encomendador in 1805, and consequent French invasions that affected all the constructions in course at the time in Portugal, the work in the palace, the most important building of the town, was left incomplete. Over the years, the building has undergone to successive changes ranging from improvement works, roofing construction and even the installation of a Day Center for Old Age that was never completed. All these interventions, without any criterion, contributed to the aggravation and degradation of the palace, making it the ruin that remains to this day. Thus, the present work aims to presente a proposal of requalification for the Manique Palace of the Intendant and its surroundings and therefore be a contribution to the improvement and appreciation of both the building itself and the village that until now lives a bit in oblivion.
Description: Dissertação de Mestrado Integrado em Arquitetura apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia
URI: http://hdl.handle.net/10316/81522
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
O Palácio de Manique do Intendente - Proposta de Requalificação_Final.pdf41.9 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

652
checked on Aug 11, 2022

Download(s) 20

909
checked on Aug 11, 2022

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons