Title: Exercício físico no tratamento da sarcopenia no envelhecimento
Authors: Oliveira, Fábio Daniel Mano de 
Keywords: Envelhecimento;Exercício físico;Sarcopenia
Issue Date: Jan-2013
Abstract: Este estudo tem como objetivo apresentar a contínua evolução dos conhecimentos sobre sarcopenia e em particular sobre o efeito do exercício físico no seu tratamento, com base numa revisão da literatura científica existente entre o ano de 1991 e 2012, utilizando a interface de pesquisa PubMed da Medline. A sarcopenia, inicialmente definida como a perda de massa muscular decorrente do envelhecimento, tem hoje um significado mais amplo. A proposta de definição pelo European Working Group on Sarcopenia in Older People inclui não só a perda de massa muscular, como também a perda de força muscular e a diminuição do desempenho funcional. A prevalência varia muito consoante a definição e métodos de medição usados e a população estudada. É comum a todos os estudos o facto de a prevalência aumentar com a idade. A sarcopenia tem como consequências a diminuição do desempenho físico e incapacidade funcional. Associado a ela existe um aumento da prevalência de várias doenças crónicas e um maior risco de mortalidade. O exercício físico apresenta-se como uma forma de tratamento promissora. Demonstrou-se que o exercício físico aeróbio não é suficiente na manutenção ou aumento da massa e força muscular. Contudo tem benefícios funcionais, revertendo algumas das consequências funcionais da sarcopenia. O exercício anaeróbio contra resistência é mais eficaz no tratamento da sarcopenia. Este tipo de treino leva a um aumento da massa, força e potência muscular, bem como a um melhor desempenho funcional e melhoria na realização das atividades de vida diária. Neste treino demonstrou-se que quanto maior for a intensidade de exercício, maior a eficácia do treino. Dentro do treino anaeróbio contra resistência, os treinos de elevada velocidade de contração e os treinos que privilegiem a contração muscular excêntrica são mais eficazes no tratamento da sarcopenia. A combinação de exercício aeróbio com o exercício anaeróbio contra resistência não tem benefício adicional em comparação com os treinos anaeróbios contra resistência isolados. São necessários mais estudos, para se definir um programa de exercício físico, eficaz e seguro no idoso sarcopénico e que se consiga implementar no seu quotidiano.
This study aims to present the ongoing development of knowledge about sarcopenia and in particular on the effect of exercise on their treatment, based on a review of the scientific literature between 1991 and 2012, using the PubMed interface of Medline. Sarcopenia, initially defined as the loss of muscle mass due to aging, has now a broader meaning. The definition proposed by the European Working Group on Sarcopenia in Older People includes not only the loss of muscle mass, but also the loss of muscle strength and the decline of functional performance. The prevalence varies greatly according to the different definitions and measurement methods used and to the different populations studied. It is common to all studies that the prevalence increases with aging. Sarcopenia has as consequences a decreased physical performance and functional disability. It is associated with an increased prevalence of several chronic diseases and an increased risk of mortality. Exercise training is presented as a promising form of treatment. It has been demonstrated that endurance exercise is not sufficient for maintaining or increasing muscle mass and strength. However it has functional benefits, reversing some of the functional consequences of sarcopenia. Resistance exercise is more effective in the treatment of sarcopenia. Such practice leads to an increase of muscle mass, strength and power and to a better functional performance and an improvement in the performance of daily activities. It has been shown that the higher the exercise intensity, the greater the effectiveness of the training. Within the resistance training, the high speed trainings and those that emphasize eccentric muscle contraction are more effective in the treatment of sarcopenia. The combination of endurance exercise with resistance exercise has no additional benefit when compared to isolated resistance exercise. Further studies are needed to define an effective and safe exercise program in elderly sarcopenic that can be implemented in their daily life.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina área científica de Geriatria, apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/80979
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.