Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/79906
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCastel-Branco, Maria Margarida-
dc.contributor.authorSantos, Diana Pinto Monteiro-
dc.date.accessioned2018-06-27T14:26:18Z-
dc.date.available2018-06-27T14:26:18Z-
dc.date.issued2014-07-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/79906-
dc.descriptionMonografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbrapt
dc.description.abstractCom o aumento da incidência e prevalência de doenças crónicas a nível global, cada vez mais doentes necessitam de iniciar algum tipo de terapêutica, farmacológica ou não, e só é possível que usufruam de todos os seus benefícios se se verificar adesão adequada à mesma. Com esta monografia pretende-se abordar a problemática da não adesão à terapêutica. Para compreender este tema, é necessário que o profissional de saúde se familiarize, em primeiro lugar, com a definição de ‘adesão’ e os motivos pelos quais esta pode ser afetada. Mas este conhecimento não é o suficiente para tentar implementar mudanças. Para isso, há que estudar os métodos de abordar o problema e as ferramentas que podem ser utilizadas para a sua determinação quantitativa e qualitativa, de forma a compreender a verdadeira extensão e origem do problema em casos concretos e assim realizar uma intervenção bem-sucedida. Por fim, inclui-se também uma abordagem sobre o potencial impacto do farmacêutico nesta temática.pt
dc.description.abstractWith the increase of the incidence and prevalence of chronic diseases worldwide, more patients need to start some kind of therapy, pharmacological or not, and adequate adherence to said therapy is needed for them to experience all the benefits that it can provide. The goal of this thesis is to synthesize all the base knowledge a health care provider needs to learn in order to intervene in the area of adherence to therapy. Firstly, the current definition of adherence, as well as the factors by which it can be negatively affected. Since that information is not enough to execute a successful intervention, the methods that can be used in an attempt to solve it and the tools that are being developed and perfected to measure and determine the extent of the non adherence are also mentioned. Finally, in the end section, the role of the pharmacist in this matter is analyzed based on current reviews.pt
dc.language.isoporpt
dc.rightsopenAccesspt
dc.subjectFarmáciaspt
dc.subjectFarmacêuticospt
dc.subjectAdesão à medicaçãopt
dc.titleO farmacêutico e a problemática da não adesão à terapêuticapt
dc.typeother-
degois.publication.locationCoimbrapt
dc.peerreviewedyespt
dc.date.embargo2014-07-01*
dc.date.periodoembargo0pt
thesis.degree.nameMestrado Integrado em Ciências Farmacêuticaspor
uc.rechabilitacaoestrangeiranopt
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
M_Diana Santos.pdf213.68 kBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

111
checked on Oct 22, 2021

Download(s)

188
checked on Oct 22, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.