Title: Acompanhamento farmacoterapêutico de dois casos com Lupinus albus
Authors: Gomes, Cristina Marie da Cruz 
Keywords: Lupinus;Tremoço;Diabetes mellitus tipo 2
Issue Date: Jul-2014
Abstract: A Diabetes do tipo 2 é uma das desordens metabólicas mais comuns, prevalente em mais de 2,8% da população mundial, estimando-se que o número de casos irá aumentar para os 5,4% em 2025. Apesar da existência de opções terapêuticas eficazes, estas ainda acarretam efeitos adversos severos. Assim, existe uma necessidade em desenvolver medicamentos seguros e eficazes para o tratamento da diabetes. A comunidade científica desde sempre se dedicou a validar as plantas medicinais e delas tem extraído os constituintes ativos, dando luz à maioria dos medicamentos que existem no mercado. Desde os tempos antigos que o Homem tem utilizado plantas medicinais para o tratamento de diversas patologias, incluindo a Diabetes. Várias têm demonstrado possuir propriedades antidiabéticas significativas, estando entre estas o tremoço. A presente monografia pretende avaliar a potencialidade do tremoço como um agente antidiabético oral, através do acompanhamento farmacoterapêutico de dois diabéticos que o tomam diariamente, bem como através da análise de artigos científicos. Foi ainda analisada uma amostra dos tremoços que uma das doentes tomava, tendo-se detetado a existência de flavonóides derivados da apigenina e ainda possivelmente de L-dopa.
Type 2 diabetes is one of the most common metabolic disorders, affecting around 2,8% of the world’s population and is anticipated to reach 5,4% by the year 2025. Even though there are effective treatment options, still they have adverse effects. Therefore, there is a need to develop safe and effective treatments for diabetes. The scientific community has always been devoted to validate medicinal plants and their active constituents were extracted, giving birth to most drugs currently on the market. Since ancient times, medicinal plants have been used for the treatment of various diseases, including diabetes. Numerous plants have been found to possess significant anti-diabetic properties, among them the lupine bean. The current study pretends to evaluate the potential of the lupine bean as an oral anti-diabetic agent, utilizing pharmacotherapeutic follow-up of two cases which utilized daily doses of the bean, as well as the analysis of scientific articles. Was also analyzed a lupinus sample, took by one of the patients, having been detected flavonoids derived from apigenin and possibly even L-dopa.
Description: Monografia realizada no âmbito da unidade de Estágio Curricular do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/79726
Rights: openAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
M_cristina gomes.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.