Title: As ciclodextrinas como agentes modeladores da libertação de fármacos : nova estratégia para medicamentos de libertação prolongada.
Authors: Fernandes, Catarina Cabral Marques 
Keywords: Tecnologia Farmacêutica
Issue Date: 18-Jul-2003
Citation: Fernandes, Catarina Cabral Marques - As ciclodextrinas como agentes modeladores da libertação de fármacos : nova estratégia para medicamentos de libertação prolongada. Coimbra, 2003
Abstract: No presente trabalho, pretende-se demonstrar uma nova estratégia de aplicação farmacêutica dos derivados hidrófilos e hidrófobos das ciclodextrinas, nomeadamente, no desenvolvimento de formulações de libertação prolongada de fármacos pouco solúveis, como a nicardipina, sob a forma de cloridrato. Além da b-ciclodextrina, estudou-se a hidroxipropil-b-ciclodextrina, como derivado hidrófilo e a tri-acetil-b-ciclodextrina, como derivado hidrófobo. Mediante a aplicação de diferentes técnicas, como o método de solubilidade de fases, a espectroscopia de ressonância magnética nuclear, a calorimetria de varrimento diferencial, a difracção de raios X, a espectroscopia de infravermelho com transformadas de Fourier e a microscopia diferencial de varrimento, foi possível detectar e caracterizar os complexos de inclusão entre a nicardipina e as três ciclodextrinas estudadas, tanto em solução como no estado sólido. A avaliação dos perfis de dissolução dos diferentes complexos, assim como o estudo da sua estabilidade em várias condições de conservação, permitiram seleccionar o complexo com a hidroxipropil-b-ciclodextrina, obtido por secagem por pulverização e o complexo com a tri-acetil-b-ciclodextrina, obtido por secagem por pulverização, como fracções de libertação rápida e lenta, respectivamente, numa nova formulação de libertação prolongada de nicardipina. Os resultados obtidos, sugeriram que o perfil de libertação do fármaco pode ser arbitrariamente modelado por simples ajuste da proporção de mistura destes dois tipos de complexos, com propriedades hidrófilas e hidrófobas. Após administração oral, a coelhos, da formulação na proporção de mistura de 1:4 (complexo hidrófilo:complexo hidrófobo), obtiveram-se níveis plasmáticos prolongados de nicardipina, associados a um interessante aumento na biodisponibilidade oral deste fármaco. Os resultados sugerem que a combinação crítica de complexos com ciclodextrinas hidrófilas e hidrófobas, em proporções adequadas, pode constituir um sistema de libertação de fármacos muito promissor, caracterizado por um efeito terapêutico prolongado e uma biodisponibilidade mais equilibrada, com consequente redução da frequência de administração do respectivo fármaco.
Description: Tese de doutoramento em Farmácia (Farmacologia) apresentada à Fac. de Farmácia da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/570
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.