Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/526
Title: Caracterização do pólen apícola pelo seu perfil em compostos fenólicos e pesquisa de algumas actividades biológicas.
Authors: Campos, Maria da Graça Ribeiro
Orientador: Cunha, A. Proença da
Rauter, Amélia Pilar
Keywords: Farmacognosia e Fitoquímica
Issue Date: 1997
Citation: CAMPOS, Maria da Graça Ribeiro - Caracterização do pólen apícola pelo seu perfil em compostos fenólicos e pesquisa de algumas actividades biológicas. Coimbra, 1997.
Abstract: Dado o aumento do interesse fitoterapêutico do pólen apícola é fundamental o estabelecimento de normas que permitam caracterizá-lo quanto aos taxa de onde provêm os respectivos pólens.Ao longo de 5 anos analisaram-se 34 amostras correspondentes a 4 países, num total de 103 “cargas polínicas” de taxa diversos. Para a determinação dos perfis cromatográficos estudaram-se 60 amostras de pólen colhido directamente dos estames, correspondentes a 55 taxa, vivos e exsicados. Verificou-se que quando conservados em boas condições, o perfil dos seus compostos polifenólicos em H.P.L.C. se mantêm aproximadamente 100 anos provando-se a estabilidade dos mesmos relativamente à sua metabolização por parte da planta e à sua conservação. O estudo dos espectros ultravioleta obtidos pelo detector de fotodíodo permitiu elaborar algumas considerações teóricas relativamente a estes dados. Os perfis cromatográficos obtidos com os pólens de referência serviram de padrões constituindo uma biblioteca de perfis que se designou por “Perfiloteca” de modo a poder identificar os pólens apícolas relativamente aos taxa envolvidos e à sua percentagem relativa nas amostras. Isolaram-se 22 compostos por técnicas cromatográficas e após diluição em DMSO-d6 foram submetidos a análise por 1H- RMN e de 13C-RMN, 1H,1H-COSY, HMBC e HMQC. Duas das geninas encontradas no Eucalyptus globulus Labill., a tricetina e a 3-O-metilquercetina, são relatadas pela primeira vez. Identificaram-se dois novos flavonóis glucosilados, 7-O-metil-herbacetina-3-O-soforósido e o 7,8-di-O-metil-herbacetina-3-O-(2íí-O-feruloílo)-b-D-glucósido a partir do pólen de Ranunculus sardous Crantz e raros heterósidos da herbacetina de outros taxa. Os taxa de pólen apícola predominantes em Portugal foram submetidos a testes preliminares de pesquisa de actividade anti-radical, anti-oxidante, anti-diarreica e anti-microbiana. Todos os estudos realizados verificaram uma dependêndia estrutura-actividade o que em estudos posteriores pode indicar, talvez, o modo de acção dos flavonóides que foram isolados dos pólens em análise.
URI: http://hdl.handle.net/10316/526
Appears in Collections:FFUC- Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ficheiro_temporario.pdf8.8 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.