Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/523
Title: Fluidez e actividade do retículo sarcoplásmico
Authors: Almeida, Leonor Martins de 
Keywords: Farmácia Clínica
Issue Date: 23-Feb-1988
Citation: ALMEIDA, Leonor Martins de - Fluidez e actividade do retículo sarcoplásmico. Coimbra: ed. do autor, 1988. 226 p.
Abstract: Inserido na temática da importância da fluidez membranar na regulação de múltiplas actividades membranares, o trabalho efectuado teve como principal objectivo o estudo da influência desse parâmetro no funcionamento da Ca++-ATPase das membranas do retículo sarcoplásmico (RS), enzima fundamental na regulação da contracção mascular. A formação de excímeros intramoleculares com a sonda 1,3-di (1-pirenil) propano [Pi(3)Pi] foi usada para avaliar a fluidez de membranas nativas e modelares de RS tendo-se revelado uma metodologia muito sensível e não deletéria para a integridade membranar. A fluidez global da membrana do RS é um contributo dos vários componentes lipídicos e do conteúdo proteico, sendo o quociente lípido/proteína um parâmetro muito importante. A observação de uma descontinuidade nos gráficos de Arrhenius da excimerização do Pi(3)Pi em membranas nativas e reconstituídas de RS a uma temperatura próxima da referida para a descotinuidade na actividade de Ca++-ATPase sugeriu-nos haver dependência entre a fluidez e actividade membranar. A manipulação da fluidez membranar, «in vitro», através da incorporação de colesterol e álcoois primários de cadeia curta, permitiu-nos obter sistemas membranares de RS, respectivamente, menos e mais fluidos que as membranas nativas, possibilitando-nos pôr à prova tal hipótese. Dos agentes moduladores usados, apenas o colesterol e hexanol foram considerados adequados para o objectivo pretendido. Ora, a diminuição da fluidez membranar induzida pela incorporação de colesterol parece impôr constrangimentos de ordem física sobre a mobilidade do sistema de bomba de Ca++, diminuindo a velocidade de acumulação de Ca++. Assim, o efeito oposto resultante da fluidificação da membrana por hexanol confere consistência à hipótese de que a actividade da bomba de Ca++ do RS é modulada pela fluidez membranar. A utilização dos álcoois primários de cadeia curta (protótipos de anestésicos de molécula simples) como moduladores da fluidez de membranas permitiu adicionalmente excluir um mecanismo unitário da acção nas membranas, questionando o modelo unitário da acção dos anestésicos baseado em alterações de fluidez.
Description: Tese de doutoramento em Farmácia (Bioquímica) apresentada à Fac. de Farmácia da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/523
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FFUC- Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s) 50

309
checked on Jul 7, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.