Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/443
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFonseca, José Alberto Soares da-
dc.contributor.authorDuarte, Elisabete Fernanda Mendes-
dc.date.accessioned2008-12-05T11:39:16Z-
dc.date.available2008-12-05T11:39:16Z-
dc.date.issued2006-03-10en_US
dc.identifier.citationDUARTE, Elisabete Fernanda Mendes - A técnica de seguro da carteira e o problema da volatilidade : um estudo aplicado ao índice PSI-20. Coimbra, 2004.-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/443-
dc.descriptionTese de doutoramento em Economia (Desenvolvimento e Política Económica) apresentada à Fac. de Economia de Coimbra-
dc.description.abstractO desenvolvimento da teoria de avaliação das opções possibilitou o aparecimento de técnicas de cobertura de risco que garantem a obtenção de resultados assimétricos, utilizando exclusivamente os produtos dos mercados à vista, ou eventualmente, fazendo uso dos produtos dos mercados de futuros e opções. Essas técnicas de cobertura de risco ficaram conhecidas, na literatura, pelo nome genérico de técnicas de Seguro da Carteira. Neste trabalho abordam-se a OBPI (Options Based Portfolio Insurance) e a CPPI (Constant Proportion Portfolio Insurance), que são apresentadas na primeira parte da tese. O desenvolvimento teórico e prático da técnica levantaram diversas questões que, até hoje, não foram resolvidas como é o caso da volatilidade. Esta afecta os resultados finais obtidos com a gestão de uma carteira segura de duas formas: a primeira resulta do facto dos investidores que utilizam técnicas de gestão dinâmica em mercados voláteis tenderem a obter maiores perdas, dadas as constantes oscilações de mercado; a segunda resulta do facto de uma eventual estimação incorrecta conduzir à obtenção de parâmetros de cobertura errados. A segunda parte do trabalho procura averiguar qual das técnicas estudadas permite garantir os melhores resultados nas diferentes situações de evolução da volatilidade quando esta é perfeitamente antecipada. Retirando ilações da interacção das duas técnicas estudadas é proposta, neste trabalho, uma nova estratégia: o Seguro da Carteira Combinado, a qual permite a obter resultados melhores e mais adaptados à volatilidade e ao sentido de evolução das cotações. Na terceira parte do trabalho, porque é impossível antecipar perfeitamente a volatilidade, é discutido qual o modelo de previsão mais apropriado a um programa de Seguro da Carteira. A aplicação da técnica de Seguro da Carteira Combinado, com volatilidade previsional, confirma os bons resultados anteriormente obtidos.en_US
dc.language.isoporpor
dc.rightsembargoedAccesseng
dc.subjectMercado financeiroen_US
dc.subjectÍndice PSI-20-
dc.titleA técnica de seguro da carteira e o problema da volatilidade : um estudo aplicado ao índice PSI-20en_US
dc.title.alternativeThe portfolio insurance technique and the volatility problem: a PSI-20 applied studyen
dc.typedoctoralThesis-
uc.controloAutoridadeSim-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextnone-
item.fulltextSem Texto completo-
crisitem.advisor.deptFaculdade de Economia, Universidade de Coimbra-
crisitem.advisor.researchunitGroup for Monetary and Financial Studies-
crisitem.advisor.researchunitCentre for Business and Economics Research-
crisitem.advisor.orcid0000-0002-7995-4872-
Appears in Collections:FEUC- Teses de Doutoramento
UC - Teses de Doutoramento
Show simple item record

Page view(s)

250
checked on Feb 25, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.