Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/38935
Title: Employment impact of renewable energy systems deployment - assessment approaches and Portugal case study
Authors: Šahović, Nikola 
Orientador: Correia, Patrícia Carla Gama Pinto Pereira Silva Vasconcelos
Keywords: European Union; job creation; Portugal; renewable energy legislation; renewable energy systems; RES employment impact; RES deployment support policies; criação de emprego; fontes de energia renovável; FER impacto no emprego; legislação de energias renováveis; políticas de exploração de FER; Portugal; União Europeia
Issue Date: 24-Feb-2014
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Large-scale deployment of renewable energy systems (RES) for electricity production has entered the global mainstream during the last twenty-five years. International and national renewable energy deployment targets, legislation and support measures have been instrumental in securing wide-scale renewable energy technology (RET) applications, and are most commonly justified by the threefold benefit of RES deployment, namely climate change mitigation, improvement of security of energy supply and employment creation. Within this framework, this thesis aims to examine the employment creation potential of RES deployment in Portugal. Firstly, an overview of methodologies for measuring and estimating the employment impact of RES deployment is presented. Thereafter, results of several studies carried out, of diverse detail and scope of analysis, at national and international levels, by international organizations, national governments and academic researchers, for the purpose of determining the employment impact of RES are discussed. An online survey was developed and sent, in cooperation with the Portuguese Renewable Energy Association (APREN), to more than 500 entities active in the renewable energy industry, in order to assess the direct job creation impact of RET deployment in Portugal as well as to determine the types of jobs eventually created. Due to the low survey reply rate no statistical inference was made, however a number of country specific conclusions could be drawn according to the sample data. There was a slight increase (3%) in domestic RES industry employment between 2010 and 2012. Although during the same period small enterprises suffered a decline in employment (10%), many are optimistic in terms of employment creation in their companies in the next 3 to 5 years. Utility companies have stated that feed-in tariffs (FiT) are key for economic viability of RES electricity production, but they plan to continue those activities after their FiT contracts expire. A large proportion of RES jobs are held by university graduates (75%), mostly engineers. Keywords: .
A exploração, em grande escala, de fontes de energia renovável (FER) destinadas à produção de eletricidade teve o seu início mais significativo durante os últimos vinte e cinco anos. Os objectivos internacionais e nacionais de implementação de energia renovável, legislação e medidas de incentivo têm sido decisivos para alcançar em grande escala asaplicações tecnológicas de energia renovável (TER), e são mais comummente justificados com a tripla vantagem de implementação de FER, nomeadamente, mitigação de alterações climáticas, melhoria da segurança de fornecimento de energia e criação de emprego. Neste contexto, esta dissertação tem como objectivo examinar o potencial de criação de emprego com a implementação de FER em Portugal. Primeiramente, apresenta-se uma revisão das metodologias de mensuração e de estimação dos impactos da exploração de FER no emprego. Apresenta-se, ainda, uma análise aos resultados de um conjunto de estudos que divergequer no seu foco e nos métodos de análise empregues, quer pelo facto de ou terem sido conduzidos por organizações internacionais, ou por governos ou, ainda, por investigadores académicos, com o objetivo de determinar o impacto na criação de emprego de tecnologias associadas à indústria de energias renováveis. Foi desenvolvido e enviado um questionário online, em cooperação com a Associação Portuguesa de energia renovável (APREN), para mais de 500 entidades activas na indústria de energia renovável, para avaliar o impacto direito da implementação de TER em Portugal na criação de emprego e, ainda, com o propósito de determinar os tipos de empregos eventualmente criados. Devido àbaixa taxa de resposta a pesquisa não permite realizar interferências estatísticas. Todavia, é possível esboçar algumas conclusões específicas para o país de acordo com os dados das amostra. Registou-se um ligeiro aumento (3%) do emprego em indústria doméstica de FER entre 2010 e 2012. Embora durante o mesmo período as pequenas empresas tenham sofrido uma queda no emprego (10%), muitos dos respondentes mostraram-se otimistas em termos de criação de emprego nas suas empresas nos próximos 3 até 5 anos. A empresas de serviços públicos declararam que tarifas feed-in (FiT) são fundamentais para a viabilidade económicade FER de produção de eletricidade. Foi possível, ainda, aferir que uma grande parte do emprego criado pelas FER é realizados por diplomados das universidades (75%), sobretudo da área da engenharia.
Description: Dissertação de Mestrado em Energia para a Sustentabilidade apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/38935
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FCTUC Eng.Mecânica - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Nikola_Sahovic_2012114715_2014_DM.pdf2 MBAdobe PDFView/Open
Nikola_Sahovic_2012114715_2014_a.pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

951
checked on Aug 12, 2022

Download(s)

9
checked on Aug 12, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.