Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/36421
Title: Estudo Exploratório sobre a Violência entre Irmãos em Portugal
Authors: Relva, Inês Carvalho 
Fernandes, Otília Monteiro 
Alarcão, Madalena 
Martins, Amadeu Quelhas 
Keywords: Violência; Irmãos; Díades fraternas; Diferenças de género
Issue Date: 2014
Publisher: SpringerOpen
Serial title, monograph or event: Psicologia: Reflexão e Crítica
Volume: 27
Issue: 2
Abstract: A violência entre irmãos é uma das formas mais comuns de violência familiar. Este estudo pretendeu caracterizar este problema em Portugal, numa amostra de 588 estudantes universitários. Os diferentes tipos de violência (física, psicológica e sexual) foram avaliados com as "Revised Conflict Tactics Scales - Sibling Version". Procedeu-se a análises descritivas exploratórias das distribuições das principais variáveis, recorreu-se ao teste do χ2 e a análises de covariância múltipla. Os resultados indicaram que a violência entre irmãos é muito frequente no início da adolescência; os rapazes perpetraram significativamente mais atos de violência física (p <0,001) e sexual (p <0,05) do que as raparigas, mas foram também, física (p <0,001) e sexualmente (p <0,05), mais vitimizados. Também as díades masculinas apresentaram níveis de violência física e sexual significativamente superiores aos de todas as outras díades, indicando claramente a reciprocidade do fenómeno. Os resultados foram discutidos segundo perspetivas de 'normalização de agressões' (dissonância cognitiva; Hardy, Beers, Burguess, & Taylor, 2010) e do 'ciclo de violência', as quais explicam a manutenção de comportamentos abusivos entre irmãos e a sua possível transferência para outras relações.
Sibling violence is one of the most common forms of family violence. This study aimed to characterize this issue in Portugal, among a sample of 588 undergraduates. The different types of victimization (physical, psychological and sexual) were assessed through the "Revised Conflict Tactics Scale - Sibling Version". Descriptive exploratory analyses of the main variables, χ2 test, and multiple analyses of covariance were conducted. The results indicated that sibling violence is more frequent during early adolescence; boys committed significantly more physical (p <.001) and sexual (p <.05) violent acts than girls, but they were also significantly more victimized than girls, both physically (p <.001) and sexually (p <.05). Also, the male dyads showed significantly higher levels of physical and sexual violence than all other dyads, indicating clearly the reciprocal phenomenon. The results are discussed according to 'normalization of aggression' and 'cycle of violence' perspectives, which both help to understand the perpetration of abusive behaviors among siblings, as well as their occasional transfer to other relationships.
URI: http://hdl.handle.net/10316/36421
ISSN: 0102-7972
1678-7153
DOI: 10.1590/1678-7153.201427221
10.1590/1678-7153.201427221
Rights: openAccess
Appears in Collections:I&D CES - Artigos em Revistas Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Estudo exploratório sobre a violência entre irmãos em Portugal.pdf149.31 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

SCOPUSTM   
Citations

8
checked on Feb 18, 2020

WEB OF SCIENCETM
Citations 10

4
checked on Aug 2, 2022

Page view(s) 50

475
checked on Aug 19, 2022

Download(s)

236
checked on Aug 19, 2022

Google ScholarTM

Check

Altmetric

Altmetric


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons