Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/32133
Title: Dor crónica : mecanismos fisiopatológicos da sensibilização e inibição da dor
Authors: Cunha, Rui Pedro Amarante dos Santos 
Orientador: Pinto, Anabela Mota
Todo Bom, Ana
Keywords: Dor; Fisiologia; Patologia
Issue Date: 2015
Abstract: A dor aguda pode ser provocada por uma lesão externa ou interna e a sua intensidade correlaciona-se com o estímulo desencadeante. É uma dor que pode ser claramente localizada e tem uma função específica de advertência e proteção, permitindo que nos afastemos de estímulos dolorosos. A dor crónica, que apresenta uma duração superior a 3-6 meses é uma dor inútil e destruidora, torna-se, por direito próprio, uma doença, a sua intensidade deixa de estar correlacionada com um estímulo causal e perde a sua função de advertência e proteção. Os síndromes de dor crónica são patologias bastante prevalentes, tendo um grande impacto social e na economia da saúde, afastando as pessoas da sua atividade laboral, da sua rede social e familiar e diminuindo a sua autoestima. Nestas síndromes englobam-se a dor crónica somática, a dor neuropática e a fibromialgia. Sabe-se que, por exemplo uma dor aguda ou subaguda continuada, sem que o estímulo nóxico seja removido, pode dar origem a uma dor crónica. A dor crónica envolve, alterações moleculares e estruturais irreversíveis e o seu tratamento é um desafio terapêutico, independentemente de haver ou não um estímulo causal. Um exemplo desta situação é o caso da lombalgia crónica, que afeta inúmeras pessoas sendo uma causa recorrente de ausência laboral, tornando-se por isso num problema de saúde pública. Para além do tratamento da dor crónica recorrer muitas vezes à utilização de medicamentos com diversos efeitos secundários, ainda demonstra uma grande ineficácia, tornando-se relevante o conhecimento de fatores / populações de risco para que se possam criar estratégias de prevenção. Neste trabalho, realizamos uma revisão de alguns agentes que podem conduzir à dor crónica, desde a etiologia aos mecanismos fisiopatológicos, e definimos alguns dos seus fatores de risco. Identificamos um plano de atuação terapêutica que permite minimizar as consequências nefastas destas patologias da forma mais eficaz e apresentamos alguns dos avanços recentes nesta área
Acute pain can be caused by an external or internal lesion and its intensity is related to the spark stimuli. This pain can be easily identified and it has the specific function of warning and protection, allowing the avoidance of painful stimuli. Chronic pain is defined by a period superior to 3-6 months and it’s a useless and destructive pain. This turns chronic pain into a disease and its intensity is no longer related with the trigger stimuli losing its function of warning and protection. Chronic pain syndromes have a big impact in society and health economy. These syndromes are very prevalent and unfortunately they can keep people away from their professional activity, social and family networks and also diminishing people’s self-esteem. Examples of these syndromes are: somatic and neuropathic chronic pains as well as fibromyalgia. It is known that, for example and acute or sub-acute pain that is continuous, without withdraw of the noxious stimuli, can provoke chronic pain. Chronic pain leads to molecular and structural changes and its treatment is a challenge, regardless having or not a provoking stimuli. Chronic low back pain is an example of this situation which affects many people, being a recurrent cause of labor absence, becoming for this reason a public health problem. Moreover chronic pain treatment makes use of drugs with many side effects, it also shows a big inefficacy, becoming relevant the knowledge of factors / risk populations with the objective of creating prevention strategies. In this work some of the risk factors were reviewed as well as the etiology and pathophysiological mechanisms. We identify a therapeutic plan that allows minimizing the hazard consequences of these pathologies in the most effective way and it is also presented some of the recent research in this area.
Description: Trabalho final de mestrado integrado em Medicina (Fisiopatologia), apresentado á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/32133
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s) 1

3,063
checked on Sep 14, 2020

Download(s) 1

8,929
checked on Sep 14, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.