Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31895
Title: Estudo da expressividade emocional na família e a sua relação com a ansiedade, depressão e stress:famílias da comunidade vs famílias da intervenção precoce
Authors: Ferro, Patrícia Clara Lopes 
Orientador: Machado, Maria Teresa Mesquita Carvalho Sousa
Keywords: Expressividade emocional na família; Ansiedade; Depressão; Stress; Emoções
Issue Date: 2015
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A consideração do efeito da expressividade emocional na família tem ganho um interesse crescente, ainda que pouco evidente, devido aos seus efeitos nas dinâmicas familiares e no desenvolvimento socio emocional dos sujeitos que a constituem. A presente investigação pretende averiguar eventuais diferenças entre famílias da comunidade e famílias da intervenção precoce relativamente à expressividade emocional na família. Foi estudada a relação entre a expressividade emocional na família e a ansiedade, depressão e stress. Neste sentido, foram utilizadas as escalas SEFQ (Self-Expressiveness in the Family Questionnaire) e EADS-21 (Escala de ansiedade, depressão e stress de 21 itens), respondidas por uma amostra de 57 sujeitos, dos quais 38.6% pertencem a famílias que usufruem de apoio por parte da intervenção precoce e 61.4% dizem respeito a indivíduos de famílias da comunidade. Os resultados obtidos indicam que não é possível afirmar que existam diferenças estatisticamente significativas entre a amostra de famílias da comunidade e famílias da intervenção precoce. A amostra correspondente às famílias apoiadas pelos serviços de intervenção precoce apresentou uma relação com a ansiedade e depressão, o que era expectável. A ansiedade, depressão e stress, tal como esperado, possui influência na expressividade emocional negativa e positiva, de forma oposta. É possível afirmar, através deste estudo, que a ansiedade, depressão e stress têm um papel efetivo na expressão emocional que os sujeitos transmitem em contexto familiar. Mais especificamente, as famílias que usufruem dos serviços de intervenção precoce são influenciadas na forma como expressam as suas emoções na família pelos fatores ansiedade e depressão, mas não pelo stress.
The consideration of the effect of family emotion expressiveness has increasingly conquered interest, although with little evident, due to family’s dynamic effects and it individuals socioemotional development that constitute it. This present research intends to ascertain the existing differences between community families and early intervention families relatively to family emotion expressiveness. In particular it would be studied the relation between family emotion expressiveness and anxiety, depression and stress. In this sense, were used SEFQ (Self-Expressiveness in the Family Questionnaire) and EADS-21 (Depression Anxiety Stress Scale of 21 items), answered by a sample of 57 subjects, from which 38.6% belong to families that have support from early intervention services and 61.4% are subjects of community families. The results indicate that there is no statistically significance between community families sample and early intervention families. The correspondent sample to early intervention families presented, like it was expected, a relation with anxiety, and depression. Anxiety, depression and stress, like is hoped for, have influence in negative and positive emotion expressiveness, in opposite ways. It is possible to claim, through this study, that anxiety, depression and stress have an effective role in emotional expression that subjects convey in family context. More specifically, families that have early intervention services are influenced in how they express their emotions by anxiety and depression factors, but not by stress.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia da Educação, Desenvolvimento e Aconselhamento, apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
URI: http://hdl.handle.net/10316/31895
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE MIP - Patricia Ferro.pdf804.48 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

680
checked on Nov 28, 2022

Download(s)

232
checked on Nov 28, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.