Title: A tragédia de Sófocles e o papel pedagógico das personagens secundárias
Authors: Souza, Paulo Rogério de 
Keywords: História da Educação;Tragédia grega;Sófocles;Personagens secundárias;Transformação social;History of Education;Greek tragedy;Sophocles;Secondary characters;Social transformation
Issue Date: 4-Sep-2015
Citation: SOUZA, Paulo Rogério de - A tragédia de Sófocles e o papel pedagógico das personagens secundárias. Coimbra : [s.n.], 2015. Tese de doutoramento. Disponível na WWW: http://hdl.handle.net/10316/31620
Abstract: Esta tese tem como tema a importância social e educativa das personagens secundárias nas tragédias de Sófocles. Para explorar esse assunto se buscou como fontes primárias as peças Antígona (442/441 a.C.), Rei Édipo (430/429 a.C.) e Édipo em Colono (401 a.C.). Essas tragédias sofoclianas foram encenadas em Atenas no século V a.C., período em que a cidade-estado passou por várias transformações. Através de uma análise histórica foi possível compreender que essas transformações sociais foram favorecidas pelo aparecimento do comércio, e com ele surgiu um novo setor social não aristocrático que enriquecera com as relações comerciais. Este foi responsável também pelo enfraquecimento do poder patriarcal que vinha perdendo sua influência com a desorganização da sociedade gentílica. Com a substituição do genos pela polis, a religião sofreu mudanças e deixou de ter o papel de norteadora na vida do homem, passando a ser usada pelos legisladores como um recurso para manter os cidadãos reunidos por um culto comum da cidade-estado. Por fim, o oikos deixou de reunir toda a comunidade em torno de sua propriedade e suas leis, e a família passou a fazer parte de uma organização social maior, a cidade. Essas mudanças provocaram conflitos os quais o homem grego teve que conviver diante das desarticulações ocorridas na relação familiar, no interior do oikos, e com a nova estrutura da polis. Diante dessas mudanças, fez-se necessárias novas maneiras de formar um novo homem para a polis, que requisitava um outro modo de reordenação das relações sociais, em substituição a antiga forma de viver da comunidade gentílica. Tendo por criador o educador grego por excelência, o poeta, a tragédia foi utilizada pelos setores dominantes de Atenas como um instrumento para educar o cidadão e formar o homem do povo. Partindo destes referenciais, o objetivo central deste estudo foi mostrar a importância das personagens secundárias de Sófocles e como o tragediógrafo propôs através delas um modelo de homem ideal e/ou modelos de homens (cidadão e/ou gente do povo) para viver na cidade. Desta maneira, a análise das peças sofoclianas levou a uma discussão sobre a função social e o papel educativo da tragédia, o que possibilitou compreender as contribuições formativas que esse gênero teve na antiguidade. Assim, esta pesquisa encontrou justificativa por dar a sua colaboração, sem a pretensão de esgotar o tema, buscando mostrar a importância da tragédia grega para as pesquisas em estudos clássicos e em história da educação, tendo a literatura como fonte. Por fim, entendeu-se que houve em Sófocles uma intencionalidade em propor uma caracterização de suas personagens secundárias como modelos de cidadãos ideais e/ou gente do povo, que deveriam ser imitados pelos atenienses com o objetivo de procurar o bem comum e buscar uma harmonia social numa sociedade em conflito.
The social and educational importance of secondary characters in the tragedies of Sophocles, Antigone (442/441 BC.), Oedipus King (430/429 BC.) and Oedipus at Colonus (401 BC.), as primary sources, is provided. The tragedies were staged in Athens in the 5th century BC when the city-state underwent several transformations. A historical analysis showed that social transformations were enhanced by trade and by the rise of a new non-aristocratic social sector which enriched itself by commercial activities. The fragmentation and weakening of patriarchal power, which was also losing its influence with the disorganization of the genteel society, was also one of its effects. The replacement of the genos by the polis modified the role of religion which did not maintain its guiding stance in man´s life. It was rather used by lawmakers as a resource to maintain citizen united in a common cult to the city-state. Further, the oikos did not gather any more the community around its homestead and its laws; in other words, the family became part of a larger social organization called the city. The above changes caused conflicts with which the Greeks had to live with in the wake of the disorder in family relationships, inside the interior of the oikos and within the new structure of the polis. It is important to note that these changes brought about new ways to create a new man for the polis, with a different re-ordination of social relationships to substitute the ancient form of living in a genteel community. Tragedy, created by poets who were the Greek educators par excellence, was employed by the elite of Athens as an instrument in the education of the citizen and in the construction of the man in the street. The main aim of current analysis was to show the importance of secondary characters in Sophocles´ plays and the manner the tragedy playwright proposed a model of the ideal man or models of men (citizens and common people) living in the city. The analysis of Sophocles´ tragedies discusses the social function and the educational role of the tragedies and thus their formative contributions during Antiquity. Current research also tried to foreground, without exhausting the theme, the importance of Greek tragedy in research on the Classics and on the History of Education, based on literature as a source. In fact, there was intentionality in Sophocles to propose the characterization of his secondary characters as models of the ideal citizen and/or man of the people who should be emulated by the Athenians aiming at seeking the common good and social harmony in a strife-ridden society.
Description: Tese de doutoramento em Estudos Clássicos e em Educação, apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e à Faculdade Estadual de Maringá
URI: http://hdl.handle.net/10316/31620
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de Estudos Clássicos - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
A tragédia de Sófocles.pdf2.01 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.