Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/31448
Title: Deteção e estratégias de intervenção por parte dos profissionais dos cuidados de saúde primários na suspeita de abuso do idoso
Authors: Ferreira, Mafalda de Fátima Alves 
Orientador: Santos, César Lares dos
Vieira, Duarte Nuno
Keywords: Idoso; Cuidados primários de saúde; Abuso do idoso; Portugal
Issue Date: Mar-2015
Abstract: Introdução: Os profissionais dos cuidados de saúde primários encontram-se numa posição privilegiada para identificarem e orientarem casos de maus-tratos de idosos. Este estudo investigou como se enquadram estes profissionais nesta matéria. Métodos: Foi elaborado um questionário posteriormente aplicado a médicos e enfermeiros de 12 Unidades de Saúde de Coimbra. Foram estudados parâmetros relacionados com aspetos demográficos, perceção do abuso e das estratégias de atuação, experiência pessoal e formação nesta área. O nível de significância estabelecido foi 0,05. Resultados: A taxa global de resposta foi de 67,9%. Foram validados 127 questionários. Verificou-se uma percentagem significativa de idosos no ficheiro clínico dos profissionais e que a maioria destes efetuavam visitas domiciliárias. A maior parte (64,6%) percecionou o abuso como sendo mais prevalente em contexto familiar e 32,3% indicaram a negligência como a forma mais frequente. Lesões em diferentes estados evolutivos (31,5%) e sinais de constrição física (30,7%) foram apontados como patognomónicos. A incerteza no diagnóstico foi um dos principais fatores que limitam a denúncia, tendo-se verificado dúvidas sobre a obrigatoriedade de reportar os casos às autoridades judiciais. Constatou-se que 87,4% destes profissionais afirmam que se sentiriam mais confortáveis com protocolos de atuação e que este tema não foi abordado na sua formação básica em 70,9% dos casos. Discussão e conclusões: Há uma consciencialização da relevância do problema e do papel que podem desempenhar na prevenção e diagnóstico do abuso. No entanto, uma abordagem mais aprofundada do tema durante a formação do profissional associada ao desenvolvimento de normas de orientação clínica, contemplando uma abordagem multidisciplinar, revela-se útil para uma maior segurança dos profissionais na gestão de casos.
Introduction: Primary health care professionals are in a privileged position to recognize and manage cases of suspected elder abuse. The purpose of this study was to provide some insight as how these professionals positioned themselves in these subject. Methods: A questionnaire was elaborated and sent to physicians and nursing staff practicing of 12 different health care units in Coimbra. The data collected included parameters related to demography, perception of abuse and management strategies, personal experience and training on this subject. A 0,05 significance level was established. Results: The global response rate was 67,9%. There was a significant percentage of elders in the professional's clinical files and most of these performed home care. Most (64,6%) considered the abuse as more prevalent in the familiar context and 32,3% signed negligence as the most common type. The uncertainty in the diagnose was one of the most important causes for non-reporting. Also, there were doubts concerning mandatory report of abuse to judicial authorities. 87,4% of the respondents stated they would feel more comfortable having formal protocol to handle these cases. These subject was not including the training curriculum of 70,9% of the respondents. Discussion and Conclusion: Health care professionals seemed aware of the relevance of elder abuse, as well as the importance of their role preventing and diagnosing these abuses. However, a more extensive approach on this subject during the clinical training and the definition of general clinical guidelines favoring a multidisciplinary approach are important to increase professionals' confidence in managing suspected cases.
URI: http://hdl.handle.net/10316/31448
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Trabalho Final_Mafalda_v2.pdf2.15 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s)

211
checked on Sep 29, 2020

Download(s)

147
checked on Sep 29, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.