Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30999
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFortuna, Ana Cristina Bairrada-
dc.contributor.advisorRocha, Marília João da Silva Pereira-
dc.contributor.authorXavier, Milena da Mota-
dc.date.accessioned2016-04-11T11:47:38Z-
dc.date.issued2015-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/30999-
dc.descriptionDissertação de mestrado em Farmacologia Aplicada, apresentada à Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbrapor
dc.description.abstractErros de medicação podem ser definidos como falhas no processo de tratamento com potencial de levar a danos aos doentes, principalmente aos doentes pediátricos. Por vezes, os erros de medicação relacionam-se a erros nas prescrições médicas, que tornam o processo de medicação um ato inseguro. Na tentativa de ampliar a segurança das prescrições médicas, elaborou-se no Brasil o Protocolo de Segurança da Prescrição, Uso e Administração de Medicamentos, que define os aspetos que devem ser observados na elaboração das prescrições. Com este estudo, pretendeu-se avaliar a segurança das prescrições de antibióticos de uso restrito da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica (UTIP) de um hospital brasileiro. Foram estudadas 647 prescrições de 142 doentes no período de outubro de 2013 a outubro de 2014, observando-se os parâmetros de identificação do doente e do prescritor e de avaliação da conformidade das prescrições, definidos pelo protocolo. As principais irregularidades identificadas nas prescrições relacionaram-se à freqüência de sobredoses e subdoses e à ausência da duração do tratamento, das orientações para administração dos antibióticos e da clearance de creatinina. Adaptando-se o indicador proposto, obteve-se a taxa 47,71% de erros nas prescrições dos antibióticos de uso restrito, evidenciando a necessidade de elaboração de estratégias para melhoria dos resultados. Os dados obtidos neste trabalho oferecem direcionamento para implementação do serviço de Farmácia Clínica da instituição, discutindo-se a contribuição do farmacêutico na UTI-P para ampliação da segurança das prescrições e promoção do uso racional de antibióticos.por
dc.description.abstractMedication errors can be defined as failures in the process of treatment with the potential of causing damages to sick people, especially the pediatric patients. At times, medication errors are related to medical prescription errors, which turns the process of medication an unsafe act. In the attempt to expand the medical prescription safety, it was created the Prescription, Usage and Administration of Drugs Safety Protocol in Brazil. This protocol defines the aspects that must be observed at the elaboration of the prescriptions. This study aimed to evaluate the safety of restricted usage antibiotics from a Pediatric Intensive Care Unit (ICUP) at a Brazilian hospital. For this study, 647 prescriptions from 142 sick people at the period between October 2013 and October 2014 were analyzed. It was observed the identification parameters of the sick person and the prescriber, and the evaluation of the prescriptions in accordance with the protocol. The main irregularities identified at the prescriptions are related to the frequency of overdoses and underdoses, and also the absence of the length of the treatment, the orientations to the administration of the antibiotics and the clearance of creatinine. Adapting the indicator proposed, it was obtained the percentage of 47,71% errors at the prescription of restricted usage antibiotics, evidencing the need of elaboration of strategies to improve the results. The data obtained from this paper offer direction to the implementation of the service of Clinical Pharmacy at the institution, discussing the pharmacist’s contribution at the ICU-P to the enlargement of prescription safety and the promotion of rational usage of antibioticspor
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccess-
dc.subjectErros de medicaçãopor
dc.subjectAntibióticos-pediatriapor
dc.subjectSegurança do doentepor
dc.titlePerfil de segurança das prescrições de antibióticos de uso restrito numa Unidade de Terapia Intensiva Pediátricapor
dc.typemasterThesis-
dc.peerreviewedYespor
dc.identifier.tid201655535-
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado
FFUC- Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Milena_MFA.pdf2.55 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 20

645
checked on Oct 15, 2021

Download(s) 20

944
checked on Oct 15, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.