Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/30817
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorPadez, Cristina-
dc.contributor.authorSousa, Bruno Magalhães de-
dc.date.accessioned2016-03-14T14:53:38Z-
dc.date.available2016-03-14T14:53:38Z-
dc.date.issued2013-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/30817-
dc.descriptionDissertação de Mestrado em Evolução e Biologia Humanas, apresentada ao Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra.por
dc.description.abstractA esperança média de vida tem vindo a aumentar em todo o mundo. Actualmente, na União Europeia, uma em cada cinco pessoas tem mais de 65 anos, e estima-se que esta proporção aumente nas próximas décadas. Este envelhecimento populacional traz novos problemas, como as despesas na saúde dos idosos. A actividade física, como caminhar, pode ajudar a prevenir ou a reduzir os problemas de saúde da população mais idosa. Vários estudos em países desenvolvidos analisam a actividade de idosos nos espaços verdes em ambiente urbano. O presente estudo relaciona a ocorrência de actividade física em indivíduos maiores de 65 anos que frequentam os espaços verdes da cidade de Coimbra. Os dados foram recolhidos em dias de bom tempo, entre Março e Maio de 2013, através da realização de questionários em oito espaços verdes da zona central de Coimbra. A análise estatística foi realizada no SPSS, através de testes não paramétricos, KrusKal-Wallis, Spearman, Mann-Whitney U, e testes paramétricos, correlações parciais e regressões multinominais logísticas. Apesar do reduzido tamanho da amostra os resultados estão de acordo com os estudos anteriores. Os resultados sugerem que a utilização dos parques depende tanto das características dos mesmos, como das características individuais dos utentes. Os idosos que frequentam os parques verdes de Coimbra são fisicamente activos, sendo a actividade física mais realizada o caminhar. A distância da residência ao parque influencia a frequência de visitas e a duração das caminhadas. Este estudo pode ser usado como ponto de referência na construção de novos espaços verdes urbanos.por
dc.description.abstractLife expectancy has been increasing all over the world. Currently, on the European Union, one out of five persons is over 65 years old. This proportion is estimated to rise for the next decades. This ageing brings new problems, such as expenses with health of the elderly. Physical activity, like walking, prevents or attenuates health problems on the older population. Several studies in developed countries analyze the elder activity at green spaces in urban environments. The present study relates the physical activity of people over 65 years old that frequent the green spaces of Coimbra. Data collection took place between March and May 2013, during good weather, by interviewing the users of eight green spaces located on the central area of Coimbra. Statistical analysis was performed on SPSS, by using non-parametric tests, KrusKal Wallis, Spearman, Mann-Whitney U, and parametric tests, partial correlations and multinominal regression. Despite the small size of the sample, the results are in agreement with the previous studies. Results suggest that the use of the green spaces depends on the characteristics of their features as well as on individual characteristics of the users. The people using the green spaces in Coimbra are physically active. Their preferred physical activity is walking. The distance between the area of residence and the park influences the number of visits and the time spent walking. This study can be a reference for building new urban green spaces.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectEnvelhecimentopor
dc.subjectEspaços verdes urbanospor
dc.subjectExercício físicopor
dc.subjectCaminharpor
dc.subjectCoimbrapor
dc.titleActividade física em idosos nos espaços verdes de Coimbrapor
dc.typemasterThesispor
degois.publication.locationCoimbrapor
dc.peerreviewedYespor
dc.identifier.tid201669390-
uc.controloAutoridadeSim-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
item.fulltextCom Texto completo-
Appears in Collections:I&D CIAS - Dissertações de Mestrado
FCTUC Ciências da Vida - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese Bruno Sousa.pdf2.85 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s)

62
checked on Oct 16, 2019

Download(s) 50

207
checked on Oct 16, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.