Title: Análise da incidência de lesões em jovens futebolistas durante o processo inicial de formação
Authors: Amado, João Pacheco 
Keywords: Futebol;Lesões desportivas;Jovem futebolista
Issue Date: 2014
Abstract: Objetivos: Este estudo tem como objetivo analisar os principais motivos de lesão em jovens futebolistas, nomeadamente no escalão benjamins e infantis da académica OAF, na época desportiva 2012/2013. Metodologia: Foram observados 115 jovens futebolistas, pertencentes ao escalão de benjamins e infantis com idades compreendidas entre os 9 e os 12 anos. Consideraram-se como variáveis funcionais a quantidade de prática anual (minutos de treino e de jogo, número de treinos e número de jogos), a quantidade e duração de lesões durante uma época e experiência desportiva dos seus treinadores (número de anos de experiência enquanto treinadores). Foram divididos em percentagens de 50%/50% para cada variável estudada na relação, com estas variáveis e através de um T-Test identificamos a relação existente entre as lesões dos atletas e os anos de experiência dos respetivos treinadores, o tempo de jogo relacionado com as lesões dos jogadores e tempo de treino dos jogadores e respetivas lesões. Resultados: Através da análise das variáveis, para os dois escalões, obtivemos um número máximo de lesões simultâneas, nos benjamins, de 4 lesões durante a época com uma média de 0,32 lesões por jogador enquanto no escalão de infantis o máximo de lesões ocorridas em simultâneo foram 4 lesões com uma média de 0,45 lesões por jogador, os atletas benjamins treinam em média 6493 minutos e jogam em média 606 minutos, por sua vez o escalão de infantis treina em média 8949 minutos e joga em média 574 minutos. Conclusões: Ambos os escalões lesionam-se mais na primeira metade da época que decorre de setembro a janeiro, do que na segunda metade da época que decorre de fevereiro a junho, muito provavelmente por começarem a ganhar alguma robustez física e adaptação ao esforço da primeira metade da época para a segunda. V ABSTRACT Aim: The aim of this study is to analyze the main causes of injury in young footballers, in particular benjamins and infantis of Académica OAF, in the season of 2012/2013. Methodology: We observed 115 young footballers aged from 9 to 12 years old (benjamins and infantis). We considered many functional variables, the amount of annual practice (minutes of training and playing, number of trainings and number of games), the amount and duration of injury during a sport season and their coaches’ experience (number of years of experience as coaches). We divided these variables into percentages of 50% / 50% for each variable studied in this relation, with these variables and through a T-Test we identified the relationship between the injuries of athletes and the years of experience of the respective coaches, playing time related to injuries and training time of players related to injuries as well. Results: Through the analysis of the variables in both echelons, we obtained a maximum number of simultaneous injuries of 4 for benjamins during the season with an average of 0.32 injuries per player, while in the ranking of infantis, the maximum number of occurring injuries at the same time were 4 with an average of 0.45 injuries per player, the benjamins athletes train on average 6493 minutes and play on average 606 minutes, while the infantis train on average 8949 minutes and play 574 minutes. Conclusions: Both echelons, Benjamins and Infantis differ in the apparent reason that leads to a greater number of injuries, the Benjamin athletes who are injured the most are those having less training time, less experienced coaches, but more minutes of training. Both echelons got more injured players in the first half of the season which runs from September to January, than in the second half of the season which runs from February to June, probably because they started to gain some physical robustness and adapted to the stress from the first half to the second half of the season.
Description: Dissertação de mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens (Treino Desportivo) apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/30781
Rights: openAccess
Appears in Collections:FCDEF - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese Joao Pacheco.pdf550.52 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record
Google ScholarTM
Check
Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.