Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/28429
Title: Escala de Inteligência de Wechsler para Adultos - terceira edição (Wais-III): estudo de validação numa amostra de vítimas de traumatismo crânio-encefálico, avaliadas em contexto médico-legal
Authors: Leça, Samantha Carolina Coello de 
Orientador: Simões, Mário Manuel Rodrigues
Keywords: Traumatismo crânio-encefálico; Avaliação da inteligência
Issue Date: 2014
Serial title, monograph or event: Escala de Inteligência de Wechsler para Adultos - terceira edição (Wais-III): estudo de validação numa amostra de vítimas de traumatismo crânio-encefálico, avaliadas em contexto médico-legal
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: A relação estabelecida entre o cérebro e o comportamento é conhecida e constituí a base do funcionamento humano. No entanto, em algumas circunstâncias, as capacidades funcionais dos sujeitos ficam alteradas por inúmeras razões, especialmente pela vitimização de um Traumatismo Crânio-Encefálico (TCE). As vítimas de TCE, apresentam frequentemente um prejuízo significativo nas aptidões cognitivas, no funcionamento emocional e no comportamento, que interfere na sua vida quotidiana. A Escala de Inteligência de Wechsler para Adultos-Terceira Edição (WAIS-III; Wechsler, 1997; 2008), é o instrumento mais extensivamente utilizado no acesso aos défices neurocognitivos associados às lesões traumáticas. Com o objetivo de analisar a validade e utilidade desta Escala e dos seus indicadores (QI’s, Índices Fatoriais e Subtestes) na caraterização do funcionamento cognitivo de sujeitos vítimas de TCE, procedeu-se à análise e comparação dos desempenhos de 44 sujeitos, examinados em contexto médico-legal e subdivididos em dois grupos distintos quanto ao grau de severidade da lesão: TCE Moderado (n=25) e TCE Severo (n=19). Foi utilizado ainda um instrumento de rastreio cognitivo, o Montreal Cognitive Assessment (MoCA; Nasreddine e col. 2005; Simões et al., 2008), e a validade dos resultados foi igualmente analisada considerando as pontuações no Test of Memory Malingering (TOMM; Tombaugh, 1996; Mota et al., 2008), um instrumento orientado para a deteção de simulação ou exagero de défices mnésicos ou uma postura de esforço reduzido. Os resultados revelaram que os indivíduos do subgrupo TCE severo apresentam valores médios significativamente inferiores nos indicadores, QI Verbal, QI Escala Completa, Vocabulário, Semelhanças e Cubos da WAISIII, e no domínio Orientação do MoCA. Não foram evidenciadas diferenças significativas nos desempenhos de ambos os subgrupos relativamente aos Índices Fatoriais. Através de análises de correlação, foi verificada a existência de associações o MoCA e alguns dos indicadores da WAIS-III. Estes resultados parecem apoiar a utilização conjunta destes instrumentos como método pormenorizado de avaliação em contexto de TCE. Adicionalmente, foi proposta uma versão reduzida da WAIS-III ao acesso clínico dos prejuízos consequentes das lesões traumáticas. Constituída por sete subtestes, os resultados obtidos por meio de análises exploratórias, parecem apoiar a sua utilidade e sensibilidade na diferenciação dos desempenhos dos subgrupos, facilitando desta forma, o acesso (neuro)psicológico a estas populações.
The relationship established between the brain and behaviour is known and constitutes the basis of human functioning. However, in some circumstances, the functional capabilities of the subjects are changed for a number of reasons, particularly the victimization of a Traumatic Brain Injury (TBI). The victims of TBI, often presents a significant loss in cognitive skills, emotional functioning and behaviour, wich interfers in their normal lives. The Wechsler Adult Intelligence Scale –Third Edition (WAIS-III; Wechsler, 1997; 2008), is the most extensively used instrument in the access to neurocognitive deficits associated with traumatic injuries. With the purpose of analyze the validiy and utility of this scale and its indicators (IQ’S, Factor Indexes and Subtests), in the characterization of the cognitive functioning in victims of TBI, it was proceeded a comparative analysis of the performances of 44 subjects, examined in medico-legal context and subdivided into two distinct groups as to the degree of severity of the lesion: Moderate TBI (n=25) and Severe TBI (n=19). It was used a cognitive screening instrument, the Montreal Cognitive Assessment (MoCA; Nasreddine et al., 2005, Simões et al., 2008), and the validity of the results was also analyzed considering the scores on Test of Memory Malingering (TOMM; Tombaugh, 1996; Mota et al., 2008), one instrument for the detection of simulation or exaggeration of memory deficits, or a posture of reduced effort. The results revealed that subjects of severe TBI group had significantly lower mean scores on the indicators, VIQ, FSIQ, Vocabulary, Similarities and Block Design of WAIS-III, and in Orientation of MoCA. There haven’t been significant differences in performances of both subgroups on the Fatorial Indexes. Trough correlation analysis, it was verified the existence of associations between MoCA and some of the indicators of the WAIS-III. These results appear to support the joint use of these instruments as a detailed method of evaluation in the context of TBI. Additionally, it was proposed a short form of the WAIS-III to clinical access for losses resulting from traumatic injuries. Constituted for seven subtests, the results obtained by exploratory analysis, appear to support its usefulness and sensitivity in the differentiation of the performance of subgroups, allowing in this way, the (neuro)psychological access to these population.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia Clínica e da Saúde (Psicologia Forense), apresentada à Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/28429
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
TESE - Samantha Leça.pdf765.57 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 1

2,469
checked on Sep 21, 2020

Download(s) 20

766
checked on Sep 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.