Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/26058
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorVieira, Ricardo José David Costa-
dc.contributor.advisorOliveira, Maria Margarida Martins Gonçalo-
dc.contributor.authorFernandes, Ana Rita Oliveira-
dc.date.accessioned2014-06-23T16:26:57Z-
dc.date.available2014-06-23T16:26:57Z-
dc.date.issued2010-01-
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10316/26058-
dc.description.abstractO nariz, ao ser uma das estruturas faciais mais proeminentes e visíveis, levanta numerosos e complexos problemas reconstrutivos na Cirurgia Dermatológica, considerando que as perdas de substância incluem com frequência estruturas extra-cutâneas, como músculo, cartilagem, mucosa endonasal e, eventualmente, osso. O objectivo da reconstrução nasal é restabelecer a normalidade da forma e função, tratando-se de um desafio especial devido às características particulares da pele que reveste esta área, bem como às múltiplas concavidades e convexidades existentes na sua superfície. Ao contrário da pele do nariz, pouco elástica, as regiões adjacentes (glabela e pregas nasolabiais) dispõem de uma pele de fácil mobilização, representando excelentes fontes de retalhos cutâneos. Apesar de ser uma região anatómica periférica, a sua vascularização abundante torna a reconstrução extremamente viável. Para a reconstrução da pirâmide nasal, estão disponíveis diversas opções por ordem de preferência: sutura primária (excisão simples), retalhos cutâneos, cicatrização por segunda intenção e enxertos. Retalhos cutâneos são unidades de tecido transferidas de um local dador para um local receptor mantendo o seu próprio suprimento sanguíneo. Possuem vantagens substanciais em relação aos enxertos cutâneos devido à sua viabilidade não depender do local receptor. Além disso, permitem a transferência de pele com cor e textura semelhantes às esperadas para o local onde se destinam. Existem diferentes tipos de retalhos cutâneos que se podem classificar de acordo com o suprimento sanguíneo, com a localização da área dadora ou com o tipo de tecido que vai ser transferido. Neste artigo de revisão abordam-se os retalhos cutâneos mais adequados para a reconstrução das diferentes regiões da pirâmide nasal, em concordância com o conceito de subunidade cosmética introduzido em 1985 por Burget e Menick, que divide o nariz em raiz, dorso, paredes laterais, asas, ponta e columela.por
dc.language.isoporpor
dc.rightsopenAccesspor
dc.subjectRinoplastiapor
dc.subjectRetalhos cirúrgicospor
dc.titleRetalhos cutâneos para a reconstrução do narizpor
dc.typemasterThesispor
dc.peerreviewedYespor
item.fulltextCom Texto completo-
item.languageiso639-1pt-
item.grantfulltextopen-
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
Files in This Item:
File Description SizeFormat
6º ano MIM - Trabalho Final - Capa.docCapa59 kBMicrosoft WordView/Open
Resumo-Abstract.docResumo-Abstract29.5 kBMicrosoft WordView/Open
Retalhos cutâneos para a reconstrução do nariz.pdfDissertação8.92 MBAdobe PDFView/Open
Show simple item record

Page view(s) 5

1,264
checked on Oct 20, 2021

Download(s) 5

4,901
checked on Oct 20, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.