Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25824
Title: Estilos e preocupações parentais: estudo numa amostra de cuidadores de crianças em intervenção precoce na infância
Authors: Costa, Nádia 
Orientador: Machado, Teresa Sousa
Keywords: Intervenção precoce - infância; Estilos parentais; Parentalidade
Issue Date: 2013
Serial title, monograph or event: Estilos e preocupações parentais: estudo numa amostra de cuidadores de crianças em intervenção precoce na infância
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: Esta investigação teve como objectivo estudar os estilos e preocupações parentais numa amostra de cuidadores de crianças acompanhadas pelo Sistema Nacional de Intervenção Precoce. Para o efeito, foram definidos alguns objectivos e levantadas questões que direccionassem a investigação. No estudo foi utilizado um questionário sociodemográfico, a Escala de Preocupações Parentais (Algarvio, Leal, & Maroco, 2009) e o Questionário de Estilos e Dimensões Parentais (Robinson, Mandleco, Olsen & Hart, 2001; versão portuguesa de Miguel, Pires Valentim & Carugati, 2010). A amostra contemplou 193 cuidadores de crianças entre os 0 e os 6 anos, de entre as quais 59,6% são do sexo masculino e 40,4% do sexo feminino. Os resultados indicam que os pais do grupo de Intervenção Precoce (IPI) utilizam mais o estilo permissivo e a punição, comparativamente com o grupo de comunidade. Os pais de IPI utilizam mais a regulação à medida que idade da criança aumenta. Constatou-se também que quanto maior a escolaridade deste cuidadores, menor a utilização da punição, do estilo autoritário e da hostilidade verbal.
This research has as a goal to study the concerns and parenting styles, within a sample of children’s caregivers followed by Early Childhood Intervention Services. For this purpose, we set some goals, and raised questions that will guide this investigation. In the study was used a demographic questionnaire, the Parental Concerns Scale (Algarvio, Leal, & Maroco, 2009) and Styles and Dimensions Questionnaire Parenting (Robinson, Mandleco, Olsen & Hart, 2001; Portuguese Version by Miguel Pires Valentine & Carugati 2010). The sample included 193 caregivers of children between 0 and 6 years, among which 59.6% were male and 40.4% female. The results indicate that parents from the Early Intervention group use more permissive parenting style and punishment, compared with the community group. It appears that those parents use more regulation as the child's age increases. It has also been found that the higher is the education that those caregivers have, the lower they would use punishment, authoritarian parenting style and verbal hostility.
Description: Dissertação de mestrado em Psicologia da Educação, do Desenvolvimento e do Aconselhamento, apresentada à Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/25824
Rights: openAccess
Appears in Collections:FPCEUC - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese_Nádia Costa.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 10

1,028
checked on Nov 28, 2022

Download(s)

194
checked on Nov 28, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.